Prémio Literário Eduardo Costley-White entregue a Lucílio Manjate

1422 views

As Edições Esgotadas, em parceria com a FLAD – Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento apresentaram o vencedor da primeira edição do Prémio Literário Eduardo Costley-White no valor de 10 mil euros e destinado a escritores dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa.

O júri, presidido por Mia Couto, escolheu o moçambicano Lucílio Manjate pela obra Rabhia, entre 34 autores cabo-verdianos, moçambicanos, angolanos, guineenses e são-tomenses, realçando a importância do desenho citadino contemporâneo de Maputo que Manjate entrega ao seu romance.

Rabhia será publicado pelas Edições Esgotadas.

Na fotografia Mia Couto, Vasco Rato e Lucílio Manjate

Créditos: Paulo Coelho

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar