Osvaldo Amado deixa Adega de Cantanhede

856 views

Osvaldo Amado garante: “Os vinhos que fiz na Adega de Cantanhede vão perdurar por longos anos!”

Osvaldo Amado já soma quase 40 anos a fazer vinhos e é um dos mais prestigiados e reconhecidos enólogos de Portugal. Com uma carreira marcada pelo sucesso passou por várias empresas e países. É o diretor de enologia do grupo Global Wines e nos últimos anos esteve também focado em elevar a qualidade dos vinhos da Adega de Cantanhede, projeto ao qual se dedicou por 12 anos e meio. Seguro de missão cumprida, comunica a saída, deixando uma marca bem presente em vinhos como os Marquês de Marialva Confirmado, Foral de Cantanhede, Grande Reserva Baga e Grande Reserva Arinto, Baga Unoaked e Baga Complexo, Espumantes Primitivo Cuvée e Baga Cuvée, entre outros.

Fazer vinhos é para Osvaldo Amado uma entrega diária, uma missão de vida, que cumpre com amor. Não se imagina a fazer outra coisa e o que mais deseja é crescer a cada dia, superar-se e fazer sempre melhor, focado na satisfação dos consumidores, proporcionando momentos perfeitos de prova, de degustação e partilha.

Já em contagem decrescente para a comemoração dos 40 anos de carreira, faltam apenas dois anos, Osvaldo Amado já fez vinhos em quase todas as regiões de Portugal, faltando apenas assinalar Algarve e Ilhas, e já passou por vários países como África do Sul, Itália, Espanha e Brasil. No seu percurso profissional somam-se distinções pelo desempenho pessoal e milhares de prémios atribuídos aos muitos vinhos que já fez. É diretor de enologia do grupo Global Wines, tem o seu projeto pessoal como produtor e, nos últimos 12 anos e meio, foi responsável pelos vinhos e consultor de gestão da Adega de Cantanhede, cargos que agora deixa.

“A Adega de Cantanhede representou um grande desafio, que considero superado. Com foco na produção de vinhos de qualidade, as vendas cresceram exponencialmente. Em 2019 a faturação alcançou os 7 milhões de euros sendo que, à minha entrada, em 2011, rondava 40% menos. O Marquês de Marialva Baga Reserva vendia 15 mil garrafas e hoje vende 200 mil! Neste espaço de tempo a Adega de Cantanhede recebeu o reconhecimento do público e da imprensa especializada, em Portugal e no Mundo, conquistando para os vinhos cerca de 1500 prémios e inúmeras distinções como: Adega do Ano, Produtor do Ano, Melhor Produtor de Espumantes, Top 100 Melhores Produtores de Vinhos do Mundo, por exemplo. Saio deste projeto com dever e missão cumpridos”. Salienta o enólogo.

Entre os vários vinhos que assinou, destaca os que mais o marcaram, como Marquês de Marialva Confirmado, Foral de Cantanhede, Grande Reserva Baga e Grande Reserva Arinto, Baga Unoaked e Baga Complexo, Espumantes Primitivo Cuvée e Baga Cuvée. Dando vida a marcas novas como, por exemplo, Conde de Cantanhede, Villa Rosa e Colinas de Ançã, bem como ao Vinho Licoroso Singular e às Aguardentes Vínicas Velhas Marquês de Marialva 20 e 25 Anos.

A região da Bairrada está-lhe no coração, foi aí que começou a trabalhar no setor e a fazer vinhos. “Amo o que faço e amo as castas Baga e Arinto, que encontram nesta região qualidades únicas para fazerem grandes vinhos, são o reflexo de um terroir incrível, que desejo exponenciar com o meu cunho pessoal”.

Fonte: purplemedia.pt

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar