LIVRAR-ME, nova co-criação de Sandra Barata Belo, com música de Luísa Sobral

229 views

LIVRAR-ME, a nova co-criação de Sandra Barata Belo e Raquel Oliveira, escrita por Ana Lázaro e com música de Luísa Sobral, estreia a 31 de Janeiro no Teatro Meridional, em Lisboa, com apresentações até 18 de Fevereiro, de Quarta a Sábado, às 21h00, e Domingo às 16h00.

No espaço partilhado entre o autor e o leitor abre-se uma porta para outras dimensões do domínio das memórias. Há uma comunicação directa entre o que lemos com a reflexão da nossa vida, a presente e a do passado. As memórias acumulam-se e, com o tempo, a distância, com as sugestões que os livros nos trazem, ficamos na dúvida se tal situação/ideia, aconteceu; se foi vivida e experienciada, se pertence a um outro – ou se é de um livro.

LIVRAR-ME é, também, uma homenagem à literatura e aos escritores. É uma viagem pelos livros, pela literatura e por todas as frases que já foram escritas e que não podem ser esquecidas. Afonso Cruz, Mia Couto, Clarice Lispector, Jorge Luis Borges, Stefan Zweig, entre outros, são chamados a ajudar-nos a contar esta história.

Sinopse
Uma Mulher conta-se como se fosse a narradora da sua própria vida antes de ficar completamente às escuras. Como uma Personagem de um Livro que nunca chegou a acontecer, ou de uma história que, pelo contrário, não deixa nunca de se desenrolar. É através dos livros que entra em diálogo com o passado. Uma Filha que procura por uma Mãe. Que conversa sem a certeza de ter voz, no silêncio. Uma Família de Mães e Filhas que se ligam entre tempo inefáveis porque serão sempre tão imensos quanto o espaço que ocupam umas nas outras.

Texto Ana Lázaro Co-criação Sandra Barata Belo e Raquel Oliveira Intérpretes Sandra Barata Belo e Raquel Oliveira Assistência de encenação Carolina Ferrão Música Luísa Sobral Sonoplastia Nanu Figueiredo Movimento Cláudia Nóvoa Cenário Rui Francisco Figurinos Pilar Peres Desenho de luz Tasso Adamopoulus Operação de luz e som Luís Moreira Assessoria de imprensa Helena Marteleira Design e fotografia Telmo Sá Produção Executiva Cassefaz Produção Beladona Co-produção Teatro Municipal da Covilhã, Cine-Teatro Louletano, Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão, Cine-Teatro Avenida, Centro de Artes de Ovar

Fonte: helena.marteleira

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar