Uma bola de cristal para encenar a memória

529 views

A Bola de Cristal, de Luísa Fidalgo, traz à cena as memórias de uma mãe que já não está, todas as quartas-feiras de dezembro, no Café Teatro d’A Barraca (Cinearte). A peça, que se estreou no Temps d’Images 2023, tem sessões a 6, 13, 20 e 27 de dezembro, sempre às 21h00.

Sinopse

A Bola de Cristal guarda memórias de uma mãe que desapareceu. Uma mulher portuguesa chamada Rosário (1950-2009) que deixou para trás mais de 30 agendas-diários e um lugar cativo no Bingo. Neste espectáculo, vamos transformar os números da tômbola em memórias, apresentadas por três personagens a partir do tríptico mãe – mulher – Rosário. Um jogo cómico-trágico e irrepetível (como a vida), onde o desejo – mais do que gritar “bingo!” – é o de reflectir sobre a perda como sentimento universal.

Ficha Técnica

Direção Artística, Texto e Interpretação LUÍSA FIDALGO
Interpretação INÊS ROSADO, LÍGIA ROQUE e RITA LELLO
Consultoria Artística FILIPE PEREIRA
Desenho de Luz TASSO ADAMOPOULOS
Som VERA CONDEÇO – Neon Soho
Apoio ao Movimento LEWIS SEIVWRIGHT
Apoio à Produção LEONARDO GARIBALDI
Produção TEATRO REFLEXO
Apoio à Criação TEATRO OFICINA, A BARRACA
Design CAROLINA PERES

Agradecimentos
Mitchell Kriegman, Cooperativa Dramatúrgica (Bruno Fraga Vaz, Catarina Vieira, Filipa Leão, Filipa Matta, Guilherme Gomes, Mariana Ferreira, Miguel Carranca), Mickaël de Oliveira, Patrícia Portela, Michel e Zé Simeão Chaiça, André Ferreira, Dulce Machado (SP), Alice Ruiz, Ricardo Cruz, Ana Dolbeth, Alexandra Nobre e Ricardo Lopes (SRIJ), Andrea Rocha (Cristal, SBG), A Barraca, Festival TDI, Alípio Padilha, Vítor Santos, Vasco Vieira e Inês Bastos.

Luísa Fidalgo é uma artista multidisciplinar, criadora e actriz. Licenciada em Ciências da Comunicação, formou-se como actriz com Yvonne D’Abbraccio (Roma) e no Esper Studio (NY). Criou e protagonizou as séries The Coffee Shop SeriesPsychodrama e Lisboa Azul. Com Maria de Mariana Marques, ganhou o prémio de melhor actriz no Dublin ISFMF. Em teatro, trabalhou com os Lisbon Players, Teatro Reflexo e Casa Cheia. A performance 1 Ano Antes – primeira parte d’A Bola de Cristal – teve a sua reposição em novembro de 2022 no âmbito do Temps d’Images.

Fonte: helena.marteleira

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar