Os festivais de Verão e a música portuguesa na Filmin: Bons Sons, Paredes de Coura, Tremor, Sensible Soccers, Solar Corona

490 views

No mês dos festivais de verão, a Filmin estreia a 16 de Agosto, três documentários sobre os festivais Bons Sons, Paredes de Coura e Tremor e ainda quatro filmes sobre os Sensible Soccers, Solar Corona, Peste & Sida e João Ribas, artistas portugueses que marcam a história do rock em Portugal. 

Filmado durante a 9.ª edição do Bons Sons, em 2018, o filme Uma Árvore no Largo – O Retrato da Comunidade no BONS SONS, de Tomás Quitério conta com a participação de Hélio Morais (Linda Martini e PAUS), João Rufino (LODO e elemento da equipa técnica do Bons Sons), Luís Sousa Ferreira (fundador do Bons Sons e diretor artístico do festival até 2019), Carolina Mourão (coordenadora do grupo Avós & Netos de Cem Soldos) e Joana Faria (uma das voluntárias do Bons Sons), dando a conhecer os bastidores, os concertos e o ambiente deste festival comunitário, realizado desde 2006, na aldeia de Cem Soldos, concelho de Tomar. Um retrato da comunidade de Cem Soldos, onde o espectador é guiado pelos passos de cinco personagens que constroem o festival, braço a braço, com quem a habita. 

Em Fear and Loathing and Party in Las Ponta Delgadade Luís Sobreiro experienciamos a felicidade e a insanidade por detrás de um dos festivais de música mais particulares do mundo, o Tremor, através de uma viagem pelas belas paisagens, sons e cenários dos Açores. Um festival que desde a sua primeira edição teve a preocupação de arriscar e fazer diferente, procurando sempre olhar para a comunidade, o Tremor toma a ilha de São Miguel como um palco privilegiado para a música.

Long Way From Home ( How Did We Get Here?) trata-se de um retrato dos rituais que tornam o Festival de Paredes de Coura tão único onde ano após ano as pessoas juntam-se na aldeia de Paredes de Coura, para assistir a um dos mais antigos festivais de música portuguesa. Este documentário pretende funcionar como uma vista privilegiada dos concertos, dos momentos de convívio, do rio Coura, e claro, das after parties no campismo. João Diogo Marques e Luis Sobreiro são os realizadores deste documentário produzido no âmbito do 25º aniversário do Festival de Paredes de Coura.

Sobre os artistas portugueses a Filmin estreia também dois filmes de Luís Sobreiro: Ricardo, um filme entre o documentário e a ficção que pretende imortalizar um passo de dança presente no imaginário colectivo dos fãs de Sensible Soccers desde 2014. Mais recentemente, estabeleceram uma conexão profundamente enriquecedora com o cinema, contribuindo com bandas sonoras originais para duas obras de Manoel de Oliveira, depois da experiência que tiveram com o clássico “O Homem da Câmara de Filmar” de Dziga Vertov; e Caudal, filme sobre um irrepetível concerto dos Solar Corona. Filmado num único plano de sequência improvisado, é um documentário imersivo sobre um irrepetível concerto dos Solar Corona após o primeiro confinamento da pandemia.

Na temática do rock estreia ainda dois documentários de Paulo Antunes: Um Punk Chamado Ribas, que conta a história de João Ribas, figura de proa de algumas das bandas de Punk rock mais influentes e históricas de Portugal. O documentário conta com testemunhos de músicos, amigos, familiares e radialistas, fazendo um retrato do músico e prestando-lhe homenagem; e Já Estou Farto!, o punk português retratado num documentário focado em João Pedro Almendra, ex-vocalista dos Peste & Sida. Um mergulho no género underground da música portuguesa.

Os filmes entram na plataforma a 16 de Agosto.

Fonte: Filmin

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar