O Homem que Queria Ser Amado e o Gato que Se Apaixonou por Ele

929 views

Romance bestseller do jornalista e autor italiano Thomas Leoncini é publicado a 3 de outubro

Considerado “um livro fascinante” pelo Papa Francisco, o romance de estreia de Thomas Leoncini é uma obra ideal para os tempos velozes que vivemos.

 

A LeYa/ ASA publica, a 3 de outubro, o aplaudido romance de estreia do jornalista, escritor e psicólogo italiano Thomas Leoncini. O Homem que Queria Ser Amado e o Gato que Se Apaixonou por Ele, que teve o Papa Francisco entre os seus primeiros leitores, é uma obra ideal para os tempos cínicos e velozes que vivemos, em que, para muitos, parece ser importante o que se tem, e não o que se é.

«O Homem que Queria Ser Amado e o Gato que Se Apaixonou por Ele é um mergulho encantador na fantasia, um livro fascinante de que gostei mesmo muito.» Afirmou o Papa Francisco. Nesta sua primeira incursão na ficção, Thomas Leoncini conta-nos a história de um homem workaholic que descobre a calma, a beleza da natureza, a felicidade e muda de vida com a ajuda de um gato que simplesmente não o larga.

Christian é um importante agente imobiliário que guia um Porsche e mora numa vivenda de luxo. No dia em que fecha um negócio de milhões, não consegue sentir a satisfação que esperava e pergunta-se, pela primeira vez, se o dinheiro, a ambição e o sucesso estarão mesmo na origem da felicidade. Nessa altura começa a receber umas misteriosas mensagens anónimas que o levam a empreender uma viagem física e espiritual a uma montanha belíssima, sempre acompanhado de Joshua, o gato ruivo que lhe apareceu em casa a pedir festas e não o deixa sozinho um só instante.

Mergulhado num ambiente natural cheio de paz e beleza, Christian vai subindo a montanha e encontrando algumas figuras entre o sagrado e o profano que o farão refletir sobre a perfeição que ele sempre tentou alcançar e também na nova vida, calma e feliz, que um simples gato o vai ajudar a ter.

Thomas Leoncini nasceu em La Spezia, em 1985. É escritor, psicólogo e jornalista, além de autor de vários livros, entre os quais Nados Líquidos, com Zygmunt Bauman, e Deus é Jovem, com o Papa Francisco. Faz ainda palestras sobre Psicanálise na Escola de Medicina Psicomédica. O Homem que Queria Ser Amado e o Gato que Se Apaixonou por Ele, o seu primeiro romance, é um bestseller.

Editado por Maria do Rosário Pedreira e traduzido do italiano por Nuno Camarneiro, O Homem que Queria Ser Amado e o Gato que Se Apaixonou por Ele chega às livrarias no dia 3 de outubro com um PVP de €15.50. O livro encontra-se já disponível em pré-venda online.

Fonte: LeYa

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar