HÁ UMA SARDANITA COM HISTÓRIAS PARA CONTAR NA NOVA COLEÇÃO DE SARDINHAS BY BORDALLO PINHEIRO

606 views

100 sardinhas, 100 histórias para revelar

Fábio Porchat, Mónica Sintra, Hugo van der Ding, Valter Hugo Mãe, Ana Bacalhau foram apanhados na rede da Sardanita.

Nas cenas do próximo episódio temos um cardume muito diversificado – esta podia ser a história, da nova temporada, de uma daquelas séries que nos fazem emocionar no sofá. Mas estamos a falar da 9.ª edição (ou temporada) de “Sardinha by Bordallo Pinheiro”.

Este ano, o seu lançamento , tem a ajuda da Sardanita para enquadrar as histórias que cada sardinha tem para contar. A famosa coleção “Sardinha by Bordallo Pinheiro”, cuja original nasceu há mais de um século da mestria de Raphael Bordallo Pinheiro, e é reinterpretada anualmente por artistas e personalidades dos nossos tempos, apresenta-se, em 2023, com 8 novos modelos, que completam o “cardume” de 100 sardinhas, que os consumidores anseiam anualmente.

Tendo por base a tal sardinha que o mestre Raphael imortalizou, são inúmeras as personalidades das mais variadas origens e áreas artísticas que, desde 2014, dão o seu cunho pessoal, com criatividade, e alguma irreverência, à coleção, surgindo todos os anos novas sardinhas., aguardadadas com expectativa pelos fãs e colecionadores.

Nomes como Fábio Porchat, Hugo van der Ding, Ana Bacalhau, Mónica Sintra, Pedro Granger, e Valter Hugo Mãe transpuseram para a “pele” da sardinha a sua história em imagens, ilustrações, cores e formas. Todas contam uma história que os autores quiseram partilhar com os apreciadores da centenária marca portuguesa. Nuno Barra, administrador da Bordallo Pinheiro revela que “a vasta coleção de sardinhas tem feito um percurso muito interessante, com quase dez anos. Tem servido de tela para inúmeras personalidades, das mais variadas áreas, contarem uma história. É uma sardinha que transporta uma mensagem através da arte. Isso é magnífico! Agradeço à EGEAC/Câmara Municipal de Lisboa a confiança que têm depositado ao longo desta parceria; a todos os que têm partilhado connosco a sua visão, expressão artística e continuam a manter vivo o espírito do mestre Raphael.”

“Sardinha by Bordallo Pinheiro” é uma coleção que surgiu em 2014, resultante da estreita colaboração entre a Fábrica de Faianças Artísticas Bordallo Pinheiro, fundada em 1884 nas Caldas da Rainha e a EGEAC/Câmara Municipal de Lisboa.

Todas as sardinhas estão ao alcance na rede de lojas da Vista Alegre e da Bordallo Pinheiro e na loja online https://pt.bordallopinheiro.com/ pelo preço individual de 19.9 euros. O pack de duas tem um preço de 37,9 euros.

 

Sardinhas de 2023

Camões by Evelina Oliveira (Ilustradora – Portugal)

N’Os Lusíadas, Camões narra episódios da nossa história cobrindo de mito, tragédia e glória as façanhas dos marinheiros portugueses no desbravamento de caminhos marítimos e na descoberta de outros mundos. Autora e obra confundem-se e vivem para além dos tempos no imaginário coletivo e na língua de um povo.

Os Deuses são de Ferro by Valter Hugo Mãe (Escritor – Portugal)

Os autores vivem fixos na ideia de que dos oceanos renascerá o último sentido da vida. A promessa de haver um juízo sobre tudo quanto fazemos parece um aviso com o que fazemos ao planeta. Ocorreu-lhes pensar que os deuses resistem até que sintam necessidade de retaliar. Um dia, o planeta vai responder à perturbação que criamos.

Paz sem Espinhas by Pedro Granger (Actor – Portugal)

Numa altura em que falar de PAZ e fazer a PAZ é tão importante, aqui vos sirvo esta sardinha de Paz Sem Espinhas. Uma paz que podemos começar a construir na nossa casa , na nossa rua, na nossa maneira de estar na vida. E assim , com um bater do coração tão mais bonito , uma paz que podemos ir espalhando pelas pedras da calçada, levando-a a quem mais precisa. É que isto da paz sabe mesmo bem e é como a sardinha, só existe e só é mesmo boa se for sem espinhas.

Viagem by Fábio Porchat (Humorista – Brasil)

Com ícones coloridos e dinâmicos, Fábio Porchat retrata alguns elementos emblemáticos de paisagens mais e menos distantes. Uma estética pop-naïve que lhe permite expressar a sua paixão pelas viagens e pelas nuances nas experiências que elas proporcionam.

Sardinha Rainha by Ana Bacalhau (Cantora – Portugal)

Em Portugal, o bacalhau é rei. Mas a sardinha é rainha. Por isso, Ana Bacalhau, cuja antroponímia já revela fidalguia gastronómica, decidiu juntar dois dos nossos maiores ícones: a sardinha e os brincos de rainha, daí fazendo nascer esta sardinha régia, filha da mais fina filigrana portuguesa.

Sardallo by Hugo van der Ding (Humorista – Portugal)

Da mente do humorista, radialista, cartoonista, analista satírico da sociedade, e confesso bordalliano, nasce Sardallo. Híbrido de Sardinha, Raphael Bordallo Pinheiro e Hugo van der Ding (quem decerto não desdenhará um monóculo e bigode farfalhudo em ocasiões especiais), Sardallo não é uma Sardinha malcriada, mas possui uma personalidade cáustica e excêntrica. Contem com ela para molhar a pena no sardinheiro e descrever o que lhe vai na espinha.

Vida by Mónica Sintra (Cantora – Portugal)

Mónica Sintra. Mulher. Mãe. Cantora. Vive para a música, mas sempre deu tudo de si aos que lhe são queridos. Este sentido de proteção fê-la valorizar ainda mais a missão dos bombeiros: cuidar e proteger a comunidade com total entrega. Esta Sardinha é uma homenagem à sua coragem e abnegação.

Calypso by Leona Rose (Artista Contemporânea – França)

Calypso, é uma homenagem à Califórnia e aos seus verões sem fim e estilo de vida relaxado. As formas são abstratas e os pigmentos vívidos, tal como o universo onírico que a autora cria na sua arte. Um universo onde agora pontua uma Sardinha de sonho!

 

 

Fonte: grupovisabeira.com

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar