Eismayer – Um drama militar LGBTQ+ cru, baseado numa verdadeira história de amor

719 views

A Filmin estreia a 7 de Setembro, Eismayer de David Wagner, uma história baseada em factos reais, crua e poética que exala paixão, humanidade e amor pela vida num mundo militar dominado pela masculinidade tóxica. 

O sargento-mor Eismayer é conhecido e temido como o oficial de treino mais duro das Forças Armadas austríacas, implacável com os recrutas e inabalável na sua disciplina, ordem e atitude de “macho”. Mas quando começa a apaixonar-se por Falak, um novo recruta que abraça sem pudor a sua homossexualidade, a existência fechada de Eismayer é abalada até ao âmago. 

Para um homem como Eismayer, amar outro homem não pode ser conciliado com a compreensão do que deve ser um soldado exemplar. Irá ele optar por proteger a sua imagem acima de tudo, ou poderá seguir o seu coração e o seu verdadeiro desejo?

Em 2014, David Wagner deparou-se com um artigo sobre Eismayer num jornal austríaco ficando cativado pela história: o mais terrível oficial de treino das Forças Armadas austríacas apaixona-se por um recruta, acaba por aceitar o seu pedido de casamento e casa-se com ele vestido com o uniforme no pátio do quartel. Nessa altura, Wagner estuda realização na Escola Superior de Comunicação Social de Hamburgo. Como trabalho de curso David Wagner decide transformar a história num argumento para uma longa-metragem. O meu professor ficou um pouco louco porque achou que a história era óptima”, recorda Wagner numa entrevista. Oito anos depois, Eismayer  torna-se na sua primeira longa metragem. 

A instituição e o ambiente das forças armadas, a masculinidade tóxica e o tema da homossexualidade são todos, individualmente, temas interessantes a explorar. Mas, acima de tudo, esta é a história de um ser humano com medo de ser a pessoa que realmente é. O filme é sobre um homem que só pode encontrar a felicidade transcendendo este medo e abandonando uma visão desactualizada do que é ser um homem que já devia ter que deveria ter-se tornado obsoleta há muito tempo, refere o realizador.

Uma história como esta nunca foi filmada na Áustria e já é altura de isso mudar. Não só porque Eismayer é uma lenda entre aqueles que passaram pelo treino básico aqui, mas também porque esta história derruba os nossos preconceitos e pressupostos sobre masculinidade e força, reconstruindo-os depois de uma nova forma“, explicam os produtores Arash T. Riahi e Sabine Gruber.

Eismayer é uma adição poderosa e importante ao cinema austríaco. 

Um drama de campo de treino que desafia o género, o filme é angustiante e cativante ao mesmo tempo. Uma obra-prima minimalista com linhas narrativas claras e uma economia visual impressionante.  ★ ★ ★ ★ – The Playlist 

Wagner sabe como combinar momentos emocionais com algum humor ligeiro, e apresenta uma estreia impressionantemente compacta e concentrada – Cineuropa 

“Uma atuação a todo o vapor, belamente interpretada, sem o excesso do melodrama tornando-se mais comovente por isso” – ★ ★ ★ ★  – Screendaily 

 

Fonte: Filmin

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar