Carlos Vilardebó, o intruso do cinema novo

357 views

Carlos Vilardebó (1926-2019) ocupa um estranho lugar na História do Cinema Novo Português: não pertencendo ao grupo Vavá/Ribadouro, não vivendo em Portugal e mal falando português, é convidado por António da Cunha Telles para realizar uma das suas primeiras “produções”, logo depois das estreias de Paulo Rocha e Fernando Lopes, e antes mesmo das rodagens das primeiras longas de Manuel Faria de Almeida ou António de Macedo. Essa “produção Cunha Telles” seria As Ilhas Encantadas, primeira e última longa-metragem do realizador que regressaria, pouco depois, a França e se especializaria nos “films d’art”. (…) 

Conhecido como “mestre dos filmes de arte”, em particular pela sua colaboração com o escultor Alexander Calder, com quem realizou três filmes (Le Cirque de Calder, 1961, MOBILES, 1968, Les Gouaches de Sandy, 1973), Vilardebó desenvolve uma extensíssima filmografia entre meados dos anos 1950 e inícios dos anos 1980.  (…)

O ciclo “Carlos Vilardebó – O Intruso do Cinema Novo” é composto integralmente por títulos cuja exibição se dá pela primeira vez na Cinemateca, incluindo a versão francesa de As Ilhas Encantadas (versão oito minutos mais curta que a original) e completa-se em março com uma sessão no âmbito da Cinemateca Júnior. Este Ciclo realiza-se na sequência da digitalização de As Ilhas Encantadas no âmbito do projeto FILMar, acompanhando a estreia da nova cópia digital nas salas portuguesas após a apresentação do filme no Festival Lumière em Lyon em novembro passado. O Ciclo dialoga ainda com a exposição “Augusto Cabrita: O Olhar Encantado” (18 de fevereiro a 20 de abril, Biblioteca de Marvila) e será seguido pela publicação de um número dos Cadernos da Cinemateca dedicado ao trabalho do realizador, ambas as atividades são realizadas no âmbito do projeto FILMar. (Cinemateca Portuguesa)

Programa aqui

cinema
26 fevereiro a 23 março 2024
Cinemateca Portuguesa – Museu do Cinema
Fotografia: “As Ilhas Encantadas” de Carlos Vilardebó
Fonte: AgendaLx

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar