‘THE PINK FLOYD’S ROCK OPERA’ PELA PRIMEIRA VEZ EM PORTUGAL PARA CELEBRAR O 40º ANIVERSÁRIO DO ÁLBUM ‘THE WALL’

465 views

Os quatro espetáculos “The Wall – The Pink Floyd’s Rock Opera” acontecem a 7 e 8 de dezembro no Sagres Campo Pequeno (Lisboa) e a 9 e 10 de dezembro no Super Bock Arena (Porto). Os bilhetes para estes espetáculos com uma produção sem precedentes já estão à venda em Ticketline e nos locais habituais.

“The Wall”, álbum dos Pink Floyd, foi editado em 1979 e é considerado um dos melhores álbuns de todos os tempos, tendo vendido mais de 33 milhões de cópias. Johan Nus e Mohamed Yamani são os responsáveis pela adaptação do 11º álbum da banda britânica para uma produção imersiva, que vai levar todos os fãs de Pink Floyd a uma viagem sensorial ao universo psicadélico e emotivo do grupo.

Johan Nus, coreógrafo desta produção, procurou trazer nova visão de “The Wall”, colocando a história de Pink em movimento, entregando assim uma nova abordagem à obra-prima dos Pink Floyd. A dança é um dos elementos principais deste espetáculo, tal como reforça Mohamed Yamani, Diretor Artístico e Cenógrafo da peça, que tem como missão “expressar emoções através da dança”.

Ao longo do espetáculo, os artistas procuram transmitir todas as emoções de Roger Waters, através da fusão entre ballet e dança contemporânea e das vozes que entoam ao vivo os temas de Pink Floyd. “The Wall – The Pink Floyd’s Rock Opera” conta com 10 bailarinos em palco, sete músicos e cinco solistas.

O clímax desta história acontece quando os solistas entoam “Is There Anybody Out There?” e Pink, que personifica as emoções de Roger Waters, dança sozinho em frente a uma câmara, que projeta o vídeo para a plateia. Nesse momento, o muro que tem vindo a ser construído começa a desmoronar e Pink retorna à realidade. Pink quebra com o isolamento que o estava a consumir e a alienar, enfatizando a mensagem com quatro décadas do álbum “The Wall”.

A atuação dos músicos e bailarinos é acompanhada por uma atmosfera gráfica inédita, que complementa a experiência multissensorial e promete não deixar ninguém indiferente.

Fonte:mpublicrelations.pt

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar