Teresa da Palma Pereira na Ericeira com recital de piano dedicado à água

347 views

A pianista lisboeta Teresa da Palma Pereira estreia na Ericeira um novo programa composto por composições do século XIX. No dia 28 de janeiro sobem a palco peças de Liszt, Chopin, Tchaikovsky, Albéniz e Rimsky-Korsakov.

A água e as emoções são os dois temas principais do novo programa da pianista Teresa Palma Pereira, o qual inclui peças de compositores do século XIX de diferentes repertórios, desde Liszt a Chopin, de Tchaikovsky a Albéniz e Rimsky-Korsakov. A pianista irá estrear um programa dirigido a todas as gerações num recital de piano na Ericeira.

 

“Vou apresentar este novo programa ao longo de 2024 em diversos espaços culturais nacionais, com os temas da água e da emoção a destacarem-se como fio condutor”, afirma Teresa da Palma Pereira. “Nada melhor do que estrear este repertório numa das vilas portuguesas mais ligadas ao mar, onde a vivência da água define grande parte da cultura da região”. 

 

Será um espetáculo intimista de Teresa da Palma Pereira, com composições que habitualmente não fazem parte do repertório do circuito nacional de piano. Sobe ao palco da Casa da Cultura Jaime Lobo e Silva, na Ericeira, no dia 28 de janeiro, pelas 16:00. Este recital será depois apresentado em várias salas nacionais ao longo dos meses de março, abril e junho. Segue-se o Centro Cultural de Cascais, a 23 de março.

 

Teresa da Palma Pereira é uma pianista galardoada em Portugal e no estrangeiro. Arrecadou a primeira posição no Concurso Internacional Maria Campina, o segundo lugar e menção especial do júri no Concurso Internacional Princesa Lalla Meryem e o prémio do Koninklijk Conservatorium, em Bruxelas, que lhe permitiu atuar como solista com a Orquestra da Câmara de Bruxelas.

Considerada uma das mais prestigiadas pianistas da sua geração, já atuou em países como França, Itália, Bélgica, Holanda, Hungria, Suécia, Brasil e China. Atualmente é diretora artística da Academia de Música Flor da Murta, com sede em Paço de Arcos, e, desde 2018, do Festival Internacional de Piano de Oeiras. Conta com cinco CD’s editados.

Fonte: longoalcance.com

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar