POSTAIS PERDIDOS

716 views

Hydra, Grécia 28-VIII-04

Caríssimos,

Sei que vos deixarei com inveja por não terem podido vir nesta viagem, mas correndo esse ris- co não podia deixar de vos enviar este postal. O mar Egeu embalou-nos nos últimos dias com o sopro suave do vento que fez mover a casquinha de noz com vela que se tornou a nossa casa. O sol inclemente e a água morna, as mudanças de bordo, a terra à vista. Como bons marujos portugueses o mar é a nossa casa e o vento nosso amigo.

O final só poderia ser então um, o do repouso do guerreiro. Para isso escolhemos esta ilha, onde não há carros e os transportes são feito por burros ou grandes carrinhos de mão. Parece um cenário perfeito para um filme bem mediterrâneo, com casas impecavelmente brancas com trepadeiras de flores rosa, um mar de um azul absurdo, os passarinhos que se ouvem nas oliveiras e um ar cheio de maresia.

Nada parece fora do sítio, nem quando a pacífica baía é abordada por ferrys a descarregarem magotes de gente. A vila ganha um novo bulício, mas quando o último ferry parte fica uma tranquilidade noturna regada a vinho branco que nos faz pensar que somos os donos deste éden. E ficamos até ter de decidir em qual dos três ou quatro restaurantes vamos jantar e arrastar a paz que Hydra transmite. Ficaria por aqui um ou dois meses, numa pequena casa com alpendre virado à baía escrevendo contos etéreos, felizes e luminosos. Linhas inundadas por esta tranquila languidez a que é impossível escapar. Ou então ficar no nosso hotel, antiga fábrica de esponjas exemplarmente recuperada com uma piscina rodeada por bougainvilleas onde o tempo parece parar, recusando-se a avançar.

Depois da agitação que sempre é navegar, foi bom esquecer o mundo neste reduto de simplicidade e bom gosto, nesta ilha aparentemente escondida onde tudo está no sítio certo, incluindo nós, que por uns dias encontramos o nosso espaço ideal.

Por: João Albuquerque Carreiras

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar