Guta Moura Guedes – Os novos caminhos da ExperimentaDesign

1911 views

“O design é uma metodologia de pensamento e de criação de respostas que, no meu entender, é das mais completas, por ser tão integradora.”

Quando, há 18 anos, Marco Sousa Santos e Guta Moura Guedes fundaram com o designer José Viana a Associação para a Cultura de Projecto, a Experimenta, Lisboa ainda não estava na moda e, em boa verdade, o design também não, pelo menos por cá. Também por isso, a ousadia de criar uma Bienal dedicada ao Design e à Arquitectura, interligando-as com as mais diversas manifestações culturais, foi imensa. Em 1999, o evento ocupou 59 espaços lisboetas, muitos deles abertos pela primeira vez ao público, e mobilizou designers, arquitectos, professores, estudantes e artistas das mais diversas vertentes. Com a Bienal EXD, Lisboa entrava no roteiro dos grandes eventos culturais mundiais.

Este ano, Guta Moura Guedes, o rosto da ExperimentaDesign, anunciou o fim da Bienal que trouxe a Portugal as estrelas maiores das constelações do Design e da Arquitectura: Achille Castiglioni, Philippe Starck, Frank Ghery, Marc Newson, Rem Koolhaas, Jasper Morrison. Mas não se pense que a Experimenta acaba aqui. Este é apenas o começo de um novo projecto, como nos contou Guta Moura Guedes no seu escritório do Chiado, sem levantar grandemente o véu sobre o futuro da Associação que muito antes de qualquer outra colocou Lisboa na moda.

Ler na íntegra aqui

Ads

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar