AS CANÇÕES DA TERRA: a experiência cinematográfica do ano sobre a natureza

587 views

A Filmin comemora o Dia da Terra com a estreia em Portugal deste documentário que representou a Noruega nos Óscares e é produzido por Wim Wenders e Liv Ullmann, coincidindo com a semana em que se comemora em todo o mundo o Dia Internacional da Terra (22 de Abril).

As paisagens montanhosas da Noruega formam o monumental pano de fundo para a experiência cinematográfica do ano sobre a natureza. Uma bela história de amor familiar e paternal. 

O que é que significa estar ligado à natureza? O pai sabe e o pai mostra. O pai da realizadora tem 84 anos. Seguimos os seus passos até à sua casa nas montanhas. Entramos na natureza mais pequena e saímos para as grandes paisagens em que ele cresceu.

No filme, a realizadora segue os passos do seu pai, de 84 anos, enquanto este viaja pelas paisagens avassaladoras do vale de Oldedalen, no condado de Vestland, na Noruega. Estas são as paisagens que o acompanharam durante toda a sua vida, e nelas podemos ver como as alterações climáticas estão a afetar a paisagem e como o glaciar tem vindo a diminuir.

Para estruturar o filme, Margreth Olin estabelece um paralelo entre as diferentes estações do ano e as idades do seu pai: “A primavera suave seria a sua infância, a doçura do verão a sua juventude, as tempestades do outono a sua idade adulta e o inverno silencioso representaria a sua velhice. Começamos e terminamos na primavera. Terminamos com esperança, acompanhando o meu pai a plantar uma árvore ao lado da árvore que o seu avô plantou há 130 anos. A história do meu pai restaura a ligação com a natureza. 

A realizador acredita que a humanidade precisa de um novo tipo de mensagem para falar sobre as alterações climáticas: Muitos cientistas, activistas e cineastas documentam as crises climáticas e apresentam os factos, mas muitas vezes estas narrativas são marcadas pelo medo, especialmente entre a geração mais jovem. Eu queria oferecer uma perspetiva diferente sobre esta questão.

O filme intitula-se As Canções da Terra (The Songs of the Earth), pelo que o design de som e a banda sonora são de extrema importância. O objetivo da realizadora era trazer para o filme os sons que descobriu em criança, quando o vento varria o vale, encontrando o seu caminho nas fendas do gelo. Lembro-me de perguntar ao meu pai: Há uma orquestra a tocar dentro de mim? Porque eu estava a ouvir música. Em vez de ignorar a minha imaginação, o meu pai respondeu: Também a consegues ouvir?

O filme estreia a 18 de Abril na Filmin.

 

 

Fonte: Filmin

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar