Vamos viver Lisboa para melhor a conhecermos

213 views

Em maio, o Museu de Lisboa inaugura uma nova exposição temporária e aposta em atividades fora de portas para melhor conhecermos a cidade, vivendo-a. E com as Festas de Lisboa quase a chegar, reavivamos a tradição dos Tronos de Santo António.

A Lisboa boémia dos Loucos Anos 20, a Lisboa africana, a Lisboa modernista, a Lisboa da Sétima Colina, a Lisboa das Marchas Populares. O Museu de Lisboa acredita que todos os temas são bons para sair à rua e descobrir a cidade. Este mês apostamos em percursos, quatro deles novos, e deambulando pela cidade vamos vivê-la para melhor a conhecermos.

A história dos novos e transgressores espaços noturnos que animaram os Loucos Anos 20 em Lisboa são o mote para o percurso «A Vida é um Cabaré», no dia 8 de maio. No domingo seguinte, subimos ao Bairro Alto  para descobrir diferentes modos de vida, sociabilidades e convivências ao longo dos séculos nesta que pode ser considerada a primeira urbanização moderna da cidade, com o percurso «Habitar na Sétima Colina». E no último domingo do mês, partimos da exposição «Os Loucos Anos 20 em Lisboa», no Museu de Lisboa – Palácio Pimenta, para visitarmos a Lisboa modernista.

A 18 de maio, Dia Internacional dos Museus, as entradas são gratuitas e será vasta a programação, sobretudo direcionada para público escolar. Já no dia 14, sábado, no âmbito da Noite Europeia dos Museus, haverá dois  percursos, «Lisboa Africana» e «Lisboa vai na Marcha» – e um peddy-paper sobre a herança de época romana.

No momento em que se completam 200 anos sobre o falecimento do escultor, o Museu de Lisboa – Palácio Pimenta inaugura, a 10 de maio, a exposição «Machado de Castro em Lisboa: O Laboratorio de Escultura» que conta a história complexa da conceção e realização da estátua equestre de D. José e revisita a ampla produção artística deixada na capital por esta figura tão carismática quanto polémica.

Com a cidade a preparar-se para voltar à rua para viver intensamente as Festas de Lisboa, a EGEAC – Cultura na Rua e o Museu de Lisboa voltam a dinamizar a construção dos Tronos de Santo António. As inscrições estão abertas até 30 de maio e as estruturas para a realização dos tronos já podem ser levantadas no Museu de Lisboa – Santo António.

A edição do livro «Santo António por Domingos Soares Branco» e o novo ciclo de palestras «Segredos na Colina», são dois outros destaques da programação do Museu de Lisboa neste mês de maio que ficará também marcado por um concerto de jazz dos 24 Robbers Swing Band (27 de maio) e por um workshop de charleston e outras danças com a escola Little Big Apple (29 de maio), a propósito da exposição «Os Loucos Anos 20 em Lisboa».

Fonte: Museu de Lisboa

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar