THE LEGENDARY TIGERMAN

461 views

O sétimo álbum de The Legendary TigermanZeitgeist, chega hoje às lojas e plataformas digitais. Uma obra densa, pessoal, profunda, que nasceu em Paris e parte hoje para o resto do mundo.

Paulo Furtado passou alguns meses na capital francesa, à procura de novos sons, novas inspirações e novas formas de composição. E encontrou-os. Pela primeira vez na vida de The Legendary Tigerman, compôs com sintetizadores modulares em vez das tradicionais guitarras, desbravando novos caminhos no seu Rock n’ Roll.

Regressado a Lisboa, montou os sintetizadores modulares no seu apartamento, onde se viu confinado com a chegada da pandemia, e continuou a criação e descoberta de Zeitgeist. Quando sentiu que as canções precisavam de vozes que não lhes podia dar sozinho, foi buscá-las. O álbum tem, assim, nove convidados escolhidos na perfeição: Asia Argento em “Good Girl”, Delila Paz em “One More Time”, Best Youth em “New Love”, Ray e Sean Riley na “Bright Lights, Big City”,  Sarah Rebecca em “Keep it Burning”, Jenny Beth em “Everyone”, Calcutá em “Once I Knew Pain” e Anna Prior em “Losers”, a canção que se destaca com o lançamento do álbum.

Losers” fala sobre os falhanços do capitalismo, a falácia da meritocracia e a violência diária perpetuada pelo sistema financeiro global. É uma revolta popular em forma de canção, um abre-olhos, um bater de pé contra as injustiças e opressões que tantas pessoas – quase todos nós – sentem na pele.

«Losers é uma canção sobre os dias de hoje. É sobre a opressão financeira que a maioria de nós está a sentir, sobre o falhanço do capitalismo e sobre a grande mentira de que a meritocracia é real e funciona. É uma chamada de atenção. Precisamos de mudar, o Mundo precisa de mudar, há demasiadas pessoas a viver em condições que não são mais toleráveis.» partilha o Artista.

Losers” é acompanhada de um videoclipe feito em Inteligência Artificial por Edgar Pêra, que está a explorar este recurso nos seus novos filmes. Este vídeo é uma distopia épica apocalíptica criada por Pêra e Furtado, que só poderia ser realizado com recurso a IA. Retrata uma revolta popular contra a escravatura financeira e aquilo em que o futuro se tornará se nada mudar. Mostra o mundo violento que ainda vamos a tempo de evitar.

Zeitgeist nasceu no íntimo do Artista, das suas emoções na altura da criação, do que viveu nas ruas, casas e clubes de Paris, até se transformar numa experiência universal e até numa crítica social. Um disco maduro e completo, que reafirma The Legendary Tigerman como um dos nomes mais importantes no Rock n’ Roll actual.

Zeitgeist, nm, espírito de determinada épocatudo aquilo que caracteriza um período específicoEste é o de The Legendary Tigerman.

Fonte: ocolectivo

 

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar