Marlene Vieira convida José Avillez, Vasco Coelho Santos e Rui Silvestre para ode à primavera no restaurante Marlene,

414 views

Marlene Vieira apresenta o jantar “Primavera” no dia 12 de abril, o terceiro do ciclo de eventos que celebram as quatro estações do ano e os melhores produtos sazonais, reunindo vários chefs convidados que partilham a sua paixão pela portugalidade, a matriz gastronómica da chef anfitriã, no seu restaurante gastronómico, o Marlene,.

Para celebrar a nova estação e a enorme riqueza e sabor de produtos que a caracterizam, a chef Marlene recebe três reconhecidos nomes do panorama gastronómico nacional, estando as várias regiões do país representadas: da zona centro, José Avillez, chef e proprietário do Encanto* e Belcanto**, entre outros, Vasco Coelho Santos do Euskalduna, do norte e, do sul, Rui Silvestre, do restaurante Vistas, que unem forças na cozinha aberta do Marlene, para apresentam um especial menu que celebra o melhor dos vegetais, do peixe e do marisco.

O terceiro evento de celebração da sazonalidade e dos produtos portugueses dá ênfase à excelência do peixe e marisco encontrados em território nacional com menu de degustação de 10 momentos, com cada chef responsável por duas criações – um snack/entrada e um prato principal. José Avillez irá trabalhar um dos grandes ícones primaveris, os legumes, com dois pratos totalmente vegetarianos; Vasco Coelho Santos traz o carabineiro, a gamba-rosa e o pregado; Rui Silvestre combina a ostra da Ria Formosa com o atum-rabilho, bem como a raia com a enguia; por fim, Marlene Vieira celebra os morrilles, cogumelos típicos da época e um dos seus ingredientes favoritos, e cria o único prato de carne da noite.

“Estou muito feliz por celebrar esta estação com três grandes nomes da gastronomia nacional, que têm colocado Portugal e os nossos produtos no mapa. Além da Primavera ser uma das minhas estações do ano favoritas, tanto pela enorme qualidade como pela diversidade de ingredientes disponíveis, será também uma noite muito especial e repleta de criatividade, prometendo valorizar a identidade e os sabores portugueses.”, afirma Marlene Vieira.

A outra metade desta dupla feminina de sucesso, a sommelier Gabriela Marques, estará responsável pela harmonização vínica, com o patrocínio da água San Pellegrino e o apoio – e presença – de quatro renomados produtores nacionais e parceiros do evento: Luís Gomes, da Bairrada, e Carlos Raposo, Osvaldo Amado e Casa de Santar, do Dão.

Giz by Luís Gomes traz a essência da Bairrada com o espumante Cuvée de Noirs 2016 Late Release e o Giz Vinhas Velhas Rosé 2020. Entre o sopé da Serra do Buçaco e o Oceano Atlântico, o projeto Giz assenta na recuperação de vinhas velhas centenárias, com castas autóctones plantadas em solos pobres e pedregosos, onde predominam a Baga e a Maria Gomes. Luís Gomes produz referências que potenciam o terroir, expressando de forma única as características e a mineralidade dos terrenos calcários da Bairrada, com intervenção mínima no processo de produção, tanto na vinha como na adega. Após vinificação artesanal e com estágio de 8 meses em barricas de carvalho francês, os vinhos Giz são autênticos e únicos, estruturados e complexos, mas elegantes e repletos de individualidade e carácter, respeitando sempre a identidade da região e as castas que lhe dão origem.

A Vinhos Imperfeitos, no Dão, projeto pessoal do enólogo e viticultor Carlos Raposo, apresenta os vinhos Definido e Imperfeito. Carlos apercebeu-se desde cedo da sua ligação com a natureza, tendo aos 16 anos escolhido Enologia e Viticultura na escola CVR Bairrada. Passou os sete anos seguintes em França, obtendo a licenciatura em Viticultura na Universidade de Borgonha e o mestrado em Enologia na Universidade de Bordeaux. A Vinhos Imperfeitos, no Dão, nasceu de uma “enorme vontade em criar vinhos singulares, únicos e de elevada qualidade. Utilizando o melhor que a natureza nos dá, o nosso objetivo é simplesmente traduzi-lo para um copo de vinho”. A sua filosofia passa por respeitar o produto da natureza e tentar representar, em cada garrafa, a pureza que ela oferece.

Osvaldo Amado, reconhecido enólogo com 34 vindimas de experiência, milhões de garrafas produzidas, e muitos prémios atribuídos, iniciou a sua carreira em 1986 na Estação Vitivinícola da Beira Litoral, e tem vindo a trabalhar com muitos produtores em quase todas as regiões vitivinícolas de Portugal. Com mais de 30 anos de carreira, já tinha feito todo o tipo de vinhos, exceto os seus surgindo, assim, a Total Wines Portugal que apresenta a sua marca: Raríssimo by Osvaldo Amado. Com origem no Dão, são vinhos de atelier e de edições limitadas, plenos de complexidade, que só chegam ao mercado se se confirmarem distintos, complexos e originais.

A Casa de Santar está responsável pelos vinhos mais “gulosos” desta harmonização, apresentando o Outono de Santar. Localizada na pequena vila de Santar, a Casa de Santar apresenta a maior vinha contínua do Dão: aproximadamente 103 ha, com cerca 90 de castas tintas e o restante de castas brancas. Quando acaba a vindima na região, ficam para trás apenas as uvas que darão origem a este colheita tardia, sendo que esta referência só é produzida nos melhores anos, a que chamam outono de Santar, por trazer à memória a magia única desta época do ano nesta emblemática vila com cerca de mil habitantes e dona de um importante património material e imaterial: a paisagem vinhateira de grande relevância histórica, cultural e económica.

O jantar tem início entre as 19:00 e as 20:30, e um custo de 250€ por pessoa, incluindo wine pairing. As reservas podem ser feitas através das vias habituais (websiteemail ou telefone).

 

Informações Gerais

 

Morada

Av. Infante D. Henrique, Doca Jardim do Tabaco, Terminal de Cruzeiros de Lisboa,

1100-651 Lisboa

 

Horário

12 de abril, quarta-feira, das 19h30 às 00h00.

 

Reservas

marlene@marlene.pt | 91 262 67 61

 

Online

https://marlene.pt/

https://www.instagram.com/marlene.restaurant/

https://www.facebook.com/marlene.restaurant

Fonte: Chefsagency

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar