Londres recebe a primeira exposição individual de Teresa Roza d’Oliveira

1486 views

Entre 1 e 29 de fevereiro estará patente na galeria Ed Cross – Fine Art, em Londres, a exposição “Sem título”, primeira mostra individual no Reino Unido de Teresa Roza d’Oliveira (1945-2019), mestre moçambicana de ascendência portuguesa.

Enquanto colecionador e galerista, Ed Cross tem desenvolvido um intenso e pioneiro trabalho em torno da arte contemporânea africana, sendo responsável pelo lançamento dos mais relevantes artistas do continente africano e da sua diáspora. Destes, incluem-se autores de língua portuguesa como o moçambicano Mário Macilau (1984), um dos fotógrafos mais relevantes da sua geração, galardoado em 2023 com o prémio francês Roger Pic Award.

Com sede em Londres, junto ao Barbican Center, a Ed Cross – Fine Art tem procurado, desde 2009, criar espaço para o desenvolvimento independente dos seus artistas, bem como amplificar vozes historicamente silenciadas.

É precisamente neste contexto que se realiza a exposição “Sem título”, de Teresa Roza d’Oliveira, desenvolvida em colaboração com a lisboeta Perve Galeria, que concluiu recentemente com sucesso a sua participação na secção Encounters da Feira de Arte de Londres. Aí deu a conhecer a obra de vários artistas lusófonos àqueles que visitaram o seu stand, entre os quais o conceituado músico, compositor, produtor discográfico e artista visual inglês Brian Eno, que integrou na sua coleção pessoal uma obra de Vanessa Paz, artista brasileira radicada em Portugal.

A Perve Galeria detém o espólio artístico de Teresa Roza d’Oliveira desde 2022. A partir de então, a sua obra foi destacada no VIP Lounge da AKAA – Also Known as Africa, em Paris; na secção África em Foco da ARCO Lisboa, a convite da curadora angolana Paula Nascimento; na 1-54 Londres; e nos leilões dedicados à arte moderna e contemporânea africana da Piasa, na capital francesa, e da Sotheby’s, em Londres.

Este percurso de reconhecimento internacional culmina agora nesta primeira exposição individual da artista na capital britânica, que marca a estreia da colaboração entre a Perve Galeria e a Ed Cross – Fine Art, à qual se seguirão outras importantes mostras que visam contribuir para o reconhecimento internacional dos artistas lusófonos.

Em “Sem título” são apresentados trabalhos realizados por Teresa Roza d’Oliveira entre a década de 1970 e 2019, ano do seu falecimento. Revela-se aí o seu universo plástico e imagético inconfundível, habitado por animais antropomórficos, criaturas aladas, serpentes e cenários de ressonâncias bíblicas. Corpos desalinhados, infletidos sob a ação de forças exteriores que deixam marcas visíveis, permitindo intuir feridas psíquicas.

Parte de uma geração de artistas moçambicanos que incluía Alberto Chissano, Malangatana Ngwenya ou Roberto Chichorro, Teresa Roza d’Oliveira foi uma importante ativista pelos direitos das mulheres, pela independência do país que a viu nascer e pelo fim da ditadura portuguesa, explorando nas suas obras um sentido íntimo de liberdade, estabelecido contra restrições patriarcais e heteronormativas. Ainda assim, devido, em parte, à sua sexualidade e género, Teresa, que manteve uma relação com uma mulher nos últimos 30 anos da sua vida, viu-se apagada da história da cena artística e política na qual desempenhou um papel relevante.

Esta sua primeira exposição individual em Londres é um testemunho do compromisso da Perve Galeria em desafiar esse apagamento histórico, resgatando a obra de Teresa Roza d’Oliveira, redefinindo o seu lugar na história da arte contemporânea.

Para mais informações:

www.pervegaleria.eu

https://www.edcrossfineart.com/exhibitions/65-teresa-roza-doliveira-sem-titulo-ed-cross-at-19-garrett-street/overview/

 

Fonte:perveglobal.com

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar