Estreia da série Prisioneiro: motim atrás das grades

48 views

A Filmin estreia dia 23 de julho, em exclusivo em Portugal, a série Prisioneiro, um thriller dinamarquês que mergulha no mundo selvagem das prisões do ponto de vista dos funcionários que lá trabalham. A série é protagonizada pela atriz Sofie Gråbøl, um dos rostos mais famosos da Dinamarca, conhecida pelos seus papéis em The Killing e The Undoing . Prisioneiro, composta por 6 episódios de 60 minutos, chega à Filmin depois de estrear no Festival de Cannes series recebendo excelentes críticas, como a do The Guardian: Agarra-nos pela cabeça e não nos larga (…) Cativante até ao fim.

Todos são prisioneiros neste novo êxito da televisão dinamarquesa. Tanto os criminosos como aqueles que os guardam. De um realismo atroz, este poderoso drama prisional consegue captar os problemas da sobrelotação das prisões e da falta de recursos.

Quatro guardas prisionais são obrigados a efetuar uma investigação minuciosa na prisão para salvar os seus empregos e impedir que a hierarquia e o tráfico de droga dominem o espaço. Mas esta investigação depressa se transforma numa batalha pela sobrevivência, não só dentro da prisão, mas também fora dos seus muros.

Quem se atreve a ir desarmado para um lugar tão hostil todos os dias?, diz Kim Fupz Aakeson, a criadora da série e autora do romance em que se baseia. Tudo começou quando vi que uma prisão muito conhecida estava a fechar. Abordei uma empresa de produção sobre uma série sobre este tema e disseram-me que era demasiado sombria para o público. Fiz tanta pesquisa que decidi transformá-la num romance, “Fangeleg” (2021). Com o livro na mão, voltei à produtora e eles decidiram avançar com a série.

Desde o início, a ideia foi entrar num lugar secreto da sociedade que mais agradou a Aakeson. O co-realizador Frederik Louis Hviid acrescenta: Queríamos que a prisão fosse um lugar muito vivo e orgânico, onde era quase impossível guardar segredos. Um sítio violento e perigoso, com muito barulho. Queríamos que a vida lá fora se assemelhasse ao oposto – muito escura e silenciosa, claustrofóbica, cheia de segredos e tragédias pessoais. A dinâmica da colisão destes dois mundos foi algo que discutimos muito antes de fazer a série.

A série estará disponível na plataforma a partir do dia 23 de Julho.

 

 

 

Fonte: Filmin

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar