“ANÓNIMOS DE ABRIL” SOBEM AO PALCO DO TIVOLI A 29 DE JANEIRO

236 views

Para assinalar os 50 anos da Revolução dos Cravos, o Teatro Tivoli BBVA recebe um espetáculo musical que dedica 14 temas a nomes desconhecidos do grande público e que marcharam pela liberdade durante o período de ditadura.

No ano em que o Teatro Tivoli BBVA assinala o centenário, celebra-se também o meio século da Revolução de Abril. As celebrações do 25 de Abril no Tivoli arrancam a 29 de janeiro com o espetáculo “Anónimos de Abril”, um projeto musical de Rogério Charraz, José Fialho Gouveia, Joana Alegre e João Afonso.

Os bilhetes já estão à venda em Ticketline e nos locais habituais. Cada tema deste espetáculo é dedicado a nomes que estiveram na sombra da nossa caminhada coletiva pela liberdade, que culminou com a Revolução dos Cravos.

Rogério Charraz, Joana Alegre e João Afonso dão voz e alma às canções que homenageiam as histórias dessas pessoas, abordando temas como a clandestinidade, atividades subversivas e de resistência, ou as prisões políticas do regime.

Um exemplo dessas histórias, que ganhará voz, nome e luz ao subir ao palco do Teatro Tivoli, é a de Herculana Carvalho e Luiz Alves de Carvalho. O casal conseguiu uma autorização inédia para visitar o filho na colónia penal do Tarrafal e fotografou todos os presos e as campas dos prisioneiros mortos. No regresso a Portugal, procurou pelas famílias dos detidos para lhes entregar as fotografias.

De entre os que lutaram na clandestinidade, o espetáculo “Anónimos de Abril” recupera ainda a história de Branca Carvalho, que se transformou em Mariana, deixando a família e amigos para trás.

Francisco Sousa Mendes, neto do cônsul Aristides Sousa Mendes, é outro dos retratados. No dia da Revolução, integrou a coluna de Salgueiro Maia e foi um dos homens que escoltou Marcello Caetano após a tomada do Convento do Carmo.

“Anónimos de Abril”, com músicas de Rogério Charraz e letras de José Fialho Gouveia, celebra assim homens e mulheres que foram determinantes para a Revolução e para a Resistência, mas que acabaram por ficar apenas nos rodapés da História da Revolução dos Cravos.

A UAU, produtora de espetáculos que adquiriu o Teatro em 2011, vai também trazer grandes espetáculos provenientes de Espanha, Argentina, Canadá, França, Estados Unidos da América, Brasil e Reino Unido, como por exemplo Stomp, Slava, Forever Tango, Dragões e Monstros Míticos, entre muitos outros.

Consulte a programação em: https://www.teatrotivolibbva.pt/

Fonte: mpublicrelations.pt

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar