Splitting, cutting, writing, drawing, eating… Gordon Matta-Clark

122 views
DE 14 OUTUBRO A 7 JANEIRO
Inauguração:
sexta-feira, 13 de outubro, 22h

Curadoria Delfim Sardo e João Ribas

Gordon Matta-Clark (1943-1978) foi um dos mais marcantes artistas
nova-iorquinos da sua geração, apesar da sua curta carreira, subitamente interrompida pela morte prematura.

Arquiteto com formação realizada na Universidade de Cornell,
Matta-Clark desenvolveu uma obra intensa na qual as intervenções no espaço público e sobre edifícios, o caráter performativo, a prática do desenho e do cinema se cruzaram de forma inseparável. A efemeridade das suas intervenções, que só chegaram até nós por via da documentação que o artista produziu, reflete uma consciência do tempo presente que sempre constituiu o fio condutor da sua prática artística.

A presente exposição, produzida em conjunto com o Museu de Arte Contemporânea de Serralves, apresenta parte do espólio do artista depositado no Canadian Centre for Architecture (resultado de uma importante doação da sua viúva, Jane Crawford) e que representa o maior repositório documental sobre a sua obra. Partindo de um conjunto de verbos que exprimem as atividades centrais do seu trabalho (separar, cortar, escrever, desenhar, comer), a exposição mergulha nos textos, cadernos de anotações, desenhos, filmes e fotografias de Gordon Matta-Clark para desatar um pouco da complexa meada do seu legado, no qual a arte, a arquitetura e um prazer omnívoro pela vida se entrelaçam.

FOTO: Conical Intersect, 1975
© 2017 Estate of Gordon Matta-Clark / Artists Rights Society (ARS), New York

Galeria 2
2€ · Entrada gratuita aos domingos
Visitas guiadas com Delfim Sardo
Sábados, 14 de outubro e 25 de novembro, às 16h30
Informações
21 790 51 55
culturgest.bilheteira@cgd.pt

 

Ads