Votação para apurar a Vodafone Canção do Ano decorre a partir de hoje até 27 de abril, dia da cerimónia dos PLAY, que contará com atuações exclusivas de Matias Damásio com Nininho Vaz Maia e de Nena com Joana Almeirante, entre outras a anunciar em breve

635 views

Estão oficialmente abertas ao público, a partir de hoje, as votações para a categoria “Vodafone Canção do Ano”, a única em que o público decide de entre os nomeados o vencedor, através das redes sociais dos PLAY, nomeadamente na página de Facebook, no Instagram, no Tik Tok e no Twitter,  e da App My Vodafone. A votação decorre até dia 27 de abril e só termina no momento em que a apresentadora Filomena Cautela anunciar o encerramento das votações no decorrer da gala de entrega de prémios que tem transmissão direta na RTP1, RTP Internacional, RTP África, RTP Play e Antena 1.

As seis canções nomeadas da categoria Vodafone Canção do Ano foram previamente selecionadas pela Academia, formada por mais de 300 elementos, e são:
VODAFONE CANÇÃO DO ANO
“Agarra em Mim”, de Ana Moura com Pedro Mafama
“A Maior Traição”, de Carlão
“Lua”, de Ivandro
“Quero é viver”, de Sara Correia
“Saudade, saudade” de MARO
“Sorriso”, de Diogo Piçarra

Poderá recordar todas as músicas aqui

Também hoje ficam a ser conhecidos dois dos sete duetos inéditos que passarão pelo palco da 5.ª Edição dos Play – Prémios da Música Portuguesa, que acontece no Coliseu de Lisboa, já no dia 27 de abril, com emissão a partir das 21h00.

Matias Damásio, nomeado para o Prémio Lusofonia, com o single “Como Antes”, convidou para o mesmo palco o artista sensação da música portuguesa, Nininho Vaz Maia, conhecido por unir o flamenco, a pop e a tradição cigana de uma forma única. Os dois artistas vão unir timbres numa atuação que promete ser surpreendente.

No mesmo dia sobem a palco duas das grandes vozes femininas da nova geração. Nena, nomeada em duas categorias “Prémio Revelação” e “Melhor Artista Feminina”, convida a talentosa cantora, compositora e guitarrista, Joana Almeirante, para um dueto que irá precisamente provar o sucesso do caminho de ambas percorrido até à data.

Para além dos nomeados na categoria “Vodafone Canção do Ano”, também os nomeados para as restantes categorias estão desde ontem sujeitos à votação da Academia PLAY ’23 para a escolha final dos vencedores.

Recorde-se que tanto a votação do público, como as votações efetuadas pela Academia, são auditadas pela PwC.

MELHOR GRUPO
Calema
Capitão Fausto
Wet Bed Gang
Linda Martini
MELHOR ÁLBUM
“A Estranha Beleza da Vida” – Rodrigo Leão
“A Minha História” – Sara Carreira
“Casa Guilhermina” – Ana Moura
“Club Makumba” – Club Makumba
MELHOR ARTISTA MASCULINO
Carlão
Ivandro
Mário Laginha
T Rex
MELHOR ARTISTA FEMININA
Aldina Duarte
Ana Moura
Maro
Nena

MELHOR ÁLBUM FADO
“Perfil” – Dulce Pontes
“Simples” – Carlos Leitão
“Tudo Recomeça” – Aldina Duarte
“Viragem” – Beatriz Villar
PRÉMIO LUSOFONIA
“Bom Bom” – Batida feat. Mayra Andrade
“Como Antes” – Matias Damásio
“Dançarina” – Pedro Sampaio feat. MC Pedrinho
“No Chão Novinha” – Anitta, Pedro Sampaio

ARTISTA REVELAÇÃO
A Garota Não
Club Makumba
Milhanas
Nena
MELHOR VIDEOCLIPE
“Islet”- Surma / Realizador Telmo Soares
“Barquinha” – Expresso Transatlântico feat. Conan Osiris / Realizador Sebastião Varela
“Private Eyes” – Ditch Days / Realizador António Amaral
“CARO” – X-Tense feat. Slow J / Realizador X-Tense e Gonçalo Carvoeiras
As categorias Melhor Álbum de Música Clássica / Erudita e Melhor Álbum Jazz foram alvo de análise de comités específicos de cada género musical, que escolheram os quatro nomeados e decidirão os vencedores de cada categoria:
 MELHOR ÁLBUM DE MÚSICA CLÁSSICA / ERUDITA
“J. S. Bach Keyboard Concertos” – João Barradas / Pedro Neves / Orquestra Metropolitana de Lisboa
“Play Off” – Vasco Mendonça
“MAGNIFICAT MARIAN ANTIPHONS & MISSA SALVE REGINA” – Cupertinos
“Lamentationes Hebdomadæ” – Joseph-Hector Fiocco – Ensemble Bonne Corde
MELHOR ÁLBUM JAZZ
“Ascetica” – Hugo Carvalhais
“Chasing Contradictions” – Ricardo Toscano Trio
“Jangada” – Mário Laginha
“Prötzeler” – Grupo Apophenia

 

Prémio da Crítica é decidido por um painel de 10 jornalistas ligados à música e o Prémio Carreira é decidido pelas direções das promotoras, Audiogest e GDA e serão ambos revelados durante  a transmissão da gala no próximo dia 27 de abril, a partir das 21h00.

De referir que todas as votações são auditadas pela PwC.
Os PLAY – Prémios da Música Portuguesa são promovidos pela SAPM – Associação Prémios da Música, uma entidade sem fins lucrativos, criada pela Audiogest e GDA, que em Portugal representam as editoras multinacionais, nacionais e independentes, bem como os artistas, intérpretes e executantes, respetivamente.

 

Fonte: Livecom

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar