Festival Quinzena de Dança de Almada

162 views

“Na sua 30.ª edição, o festival Quinzena de Dança de Almada regressa à cidade com o propósito de oferecer um conjunto de atividades bem representativas da dança nacional e internacional.

Ao longo de três décadas temos acompanhado a evolução da Dança Contemporânea e trazido para este espaço, de encontro e partilha, criadores de diferentes linhas estéticas, dando lugar a uma grande diversidade com a apresentação de trabalhos em que o imaginário de cada coreógrafo se expressa de forma única e relevante, assente em bases técnicas e concetualmente sólidas.

Com um espírito sempre aberto a novos desafios, o festival assenta em três grandes premissas:

  • Apresentação de espetáculos de grande qualidade estética e artística, trazendo a Portugal artistas ainda pouco conhecidos no país;
  • Apoio a novos criadores, oferecendo a visibilidade de que o festival desfruta junto da comunidade artística nacional e internacional;
  • Criação de iniciativas de incentivo à prática e conhecimento da Dança entre as várias camadas sociais e etárias, dentro de uma política de inclusão e envolvimento com a comunidade.

Serão 18 dias de descoberta e valorização da Dança Contemporânea, numa Quinzena pensada para a comunidade artística, mas também para todos os públicos.

Pela primeira vez em Portugal contamos com a apresentação de uma das mais reconhecidas companhias britânicas, a de James Wilton, com um trabalho que se impõe pela grande força coreográfica e interpretativa.

Apresentamos também, numa parceria com a companhia ArtGarage, o projeto colaborativo “Woman Made”, apoiado pelo Ministério da Cultura italiano, que se foca, de modo original e acutilante, em questões relacionadas com a condição feminina.

No plano nacional, temos a estreia de um novo espetáculo da Companhia de Dança de Almada coreografado por Tiago Manquinho, artista português que há vários anos desenvolve com sucesso uma interessante carreira coreográfica, na Alemanha. E convidámos a jovem Margarida Belo Costa, cujo trabalho tem vindo a atrair cada vez mais atenção pelo rigor e intensidade que coloca nas suas criações.

Mantemos a apresentação de uma Plataforma Coreográfica Internacional, com representantes de 14 países, e pela primeira vez criámos uma sessão dedicada unicamente aos criadores nacionais, para que possam apresentar o seu trabalho a programadores internacionais e público em geral com maior visibilidade.

Em ano de centenário do nascimento de José Saramago, esta edição conta com um programa dedicado ao escritor, criado por jovens coreógrafos locais, a convite da Rede Municipal de Bibliotecas de Almada, que será apresentado nos jardins da Casa da Cerca.

Continuamos a enriquecer o festival com momentos de formação, conversas entre o público e os autores, e três programas de uma Mostra de Videodança bastante representativa a nível mundial, que evidencia o grande potencial da dança transposta para o ecrã. Para melhor compreender esta área teremos também a apresentação de um filme de dança de Pedro Sena Nunes (realizador e atual diretor artístico da Vo’Arte), com a presença e comentários dos criadores.

Boa Quinzena!”

Ana Macara e Maria Franco, Direção Artística

 

Mais informações:

https://quinzenadedancadealmada.cdanca-almada.pt/

 

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar