QUINTA DO CARDO LANÇA 6 NOVOS VINHOS E APRESENTA GAMA ALARGADA

309 views

A Quinta do Cardo acaba de apresentar 6 novas referências, que se juntam às 4 que já existiam (Superior e Reserva, branco e tinto) para reforçar de formar significativa a oferta de mercado deste produtor. De perfil diferenciado, como é habitual nesta casa, as 6 novas referências vão ocupar diferentes segmentos de mercado, desde os Cardo Tinto e Cardo Branco e Cardo Rosé (gama de entrada), Grande Reserva Branco (topo de gama branco) e Vinha do Lomedo e Vinha do Pombal (mono-varietais).

Fundada em 1932, logo quase centenária e plena de tradição, esta quinta tem nas suas particulares castas e no seu peculiar terroir (com predominância de granito, e solo argiloso, é possível encontrar também o xisto e alguns solos arenosos) um incrível ativo, o que aliado ao continuado investimento e preocupação com a sustentabilidade, criam um perfil de produção e de vinho verdadeiramente únicos.

Situada num planalto em Portugal, na Beira Interior, a Quinta do Cardo fica entre a paisagem protegida da Reserva Internacional do Douro e a aldeia histórica de Castelo Rodrigo, esta localização dá-lhe um carácter único, muito marcado pela resiliência.

Esta icónica quinta é, desde 2021, dirigida por uma nova equipa, liderada pelo produtor Artur Gama, e pelo enólogo Jorge Rosa Santos, sendo que como feitor e viticultor se mantém Ermindo Coelho, que em 2022 somou 35 vindimas no planalto da Quinta do Cardo.

Novidades:

Cardo Branco 2022

Elaborado a partir de uvas da casta Síria, colhidas à mão, numa das vinhas mais altas de Portugal, este vinho foi vinificado em cuba durante 30 dias, a cerca de 14C. Teve um ligeiro estágio sobre borras finas de fermentação. Denota cor verde limão brilhante, notas florais, minerais e frutadas, maçã e lima. Na boca mostra untuosidade e frescura, com final longo.

Cardo Tinto 2021

Elaborado a partir das castas Touriga Nacional, Tinta Roriz e Touriga Franca, foi fermentado a 24C, com suaves remontagens para permitir um perfil varietal e fresco. Estágio parcial em barricas de carvalho francês. De cor rubi com laivos violeta, aroma a fruta preta e cereja, com notas balsâmicas e especiadas. Na boca é denso, com taninos vivos, mas aveludados.

Cardo Rosé 2022

A partir das castas Rufete e Tinta Roriz, em vinhas de altitude. As uvas foram vindimadas manualmente no início de setembro e prensadas em cacho inteiro. Apenas foi utilizada a lágrima dos primeiros apertos de prensa, para obtermos um rosé de cor ténue e de perfil fresco. Tem notas de fruta de caroço, alguns tropicais e ligeiro mineral.

Quinta do Cardo Grande Reserva Branco 2021

Num terroir granítico e elaborados com uma sabedoria vitivinícola de quase 100 anos, os nossos vinhos distinguem-se pela experiência sensorial e cultural que oferecem e pela sua identidade ímpar. Este Grande Reserva tem origem nas vinhas mais antigas da Síria, a uma altitude de 750m. As uvas foram colhidas à mão e prensadas em cacho inteiro, aproveitando apenas os primeiros apertos da prensa. É depois vinificado em barricas novas e usadas de carvalho francês de 500L. Estágio de 1 ano em barrica, sobre borras totais de fermentação.

Vinha do Lomedo 2021 (Branco)

Este vinho provém da parcela mais antiga da Vinha do Lomedo (com mais de 50 anos), que tem 90% do encepamento com a casta indígena Síria. Fermentação e Estagiou em tonel antigo de 3.000 litros. Na prova, apresenta enorme especificidade de terroir, com notas citrinas, flor de laranjeira, melão e ligeiro floral. É amplo e longo, o que lhe confere nobreza e potencial de guarda.

Vinha do Pombal 2021 (Tinto)

Este vinho é proveniente da parcela mais antiga de Touriga Nacional, localizada junto ao Pombal construído no início séc. XX. As uvas são colhidas à mão e vinificado em cuba tronco-cónica a baixas temperaturas, permitindo exponenciar a especificidade do terroir e o potencial varietal. Estagia durante 12 meses sobre borras finas e sem qualquer estágio de madeira. O objetivo deste vinho é mostrar toda a expressão da elegância da casta, neste terroir tão específico de altitude. Apresenta-se com uma elegante cor rubi, com expressivo aroma varietal, com notas florais e fruta fresca tipo amoras pretas. Na boca tem taninos envolventes e suaves, com enorme elegância e precisão.

“Estamos a falar de algumas das vinhas mais altas de Portugal, e esta altitude permite apresentar vinhos com muita frescura, mineralidade, elegância e acidez. Nos anos recentes foi feito um forte investimento, tendo sido plantados 10 hectares de vinha, que perfaz agora um total de 79 hectares cultivados, e que nos permite maior amplitude nos conceitos de vinhos que pretendemos. Estes vinhos que hoje lançamos refletem isso mesmo”, assume Jorge Rosa Santos, enólogo da Quinta do Cardo.

Para Artur Gama, produtor“a ideia passa por aprofundar a dimensão da sustentabilidade, e valorizar o contexto extraordinário que a Beira Interior tem para a exploração vinícola. Desde o primeiro contacto com esta quinta que acreditei que podíamos trazer algo de novo a um projeto nascido em 1932, sempre dentro de uma lógica sustentável. Parte deste esforço para relançar esta histórica quinta passa precisamente por ter uma presença no mercado que reflita todo o seu potencial, e as características únicas das suas vinhas”.

Esta casa histórica, com vinhos de forte identidade orgulha-se de ter um enorme legado, construído com a fidelidade de uma equipa de adega e de campo que trabalha na quinta há mais de 35 anos, e os seus vinhos biológicos distinguem-se pela personalidade ímpar e pela experiência sensorial e cultural que oferecem.

 

Fonte: Chefsagency

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar