QUARTETO HERMÈS E ORQUESTRA DE VENEZA

348 views

Na edição de 2023, esta iniciativa cultural de excelência explora o repertório dedicado às estações do ano, de Vivaldi a Phillip Glass, e traz a Almada orquestras e músicos consagrados nacional e internacionalmente.

Músicos e orquestras de referência mundial, concertos dedicados à temática das quatro estações do ano, de Vivaldi a Tchaikovsky, e de Piazzolla a Phillip Glass, conversas que assinalam efemérides literárias e o jazz fazem parte do programa do Festival que decorre de 25 de maio a 23 de junho em Almada, com a direção artística do pianista Filipe Pinto-Ribeiro.

Alargando a sua programação para vários espaços, nesta edição haverá concertos no Convento dos Capuchos e, de forma inédita, 3 concertos no Teatro Municipal Joaquim Benite.

Na próxima quinta-feira, 25 de maio, o premiado quarteto de cordas francês Hermès apresenta o concerto “O Tempo da Criação”, no Convento dos Capuchos, com obras de Claude Debussy, Maurice Ravel e o quinteto “A Criação do Mundo”, de Darius Milhaud.

A 27 de maio é a vez da prestigiada Orquestra de Veneza “I Solisti Veneti”, agrupamento de música barroca com mais de 350 álbuns editados, subir ao palco do Teatro Municipal Joaquim Benite, para interpretar as célebres “Quatro Estações”, de Antonio Vivaldi, num concerto que apresentará como solistas o violinista austro  húngaro Mario Hossen e a mezzo-soprano ucraniana Lena Belkina.

Entre os agrupamentos e músicos de primeira linha internacional presentes na edição de 2023 do Festival, destaque ainda para a Orquestra “Franz Liszt” de Budapeste, num concerto único em Portugal inserido na celebração dos seus 60 anos de existência, os violinistas Jack Liebeck e Esther Hoppe, as cantoras Deniz Uzun e Ana Karina Rossi, a pianista Marianna Shirinyan, o violoncelista Christian Poltéra, o clarinetista Pascal Moraguès e o lendário pianista norte-americano Stephen Kovacevich.

A aposta na excelência nacional é uma marca do Festival, que contará com a participação do coro Officium Ensemble, o DSCH Schostakovich Ensemble, bem como novos projetos musicais, o 100 Caminhos e a Juventus Ensemble, que juntam jovens e consagrados músicos portugueses.

Ao longo do festival, serão interpretadas obras de vários compositores portugueses da Renascença à música contemporânea e ao jazz, com várias estreias absolutas e destaque para o concerto “Carta Branca a António Victorino d’Almeida”, assinalando os seus 70 anos de atividade artística.

Entre o variado repertório apresentado no Festival, realce para as “Quatro Estações” de Vivaldi, no concerto de abertura, e para a estreia em Portugal, a cargo da Orquestra “Franz Liszt” de Budapeste, de obras de dois dos mais influentes compositores das últimas décadas, nomeadamente “Oriente e Ocidente” (2000), do estoniano Arvo Pärt, e “Quatro Estações Americanas” (2009), do norte-americano Philip Glass.

Destaque-se também a interpretação de obras francesas de referência do século XX, como os Quartetos de Claude Debussy e Maurice Ravel, “A Criação do Mundo” de Darius Milhaud e o icónico “Quarteto para o Fim do Tempo”, composto e estreado em 1941, quando o compositor Olivier Messiaen se encontrava preso num campo nazi.

Este ano marcará ainda a estreia das Masterclasses dos Capuchos, orientadas por professores de referência internacional dos conservatórios de Paris, Zurique e Salzburgo, conversas pré-concertos denominadas Prelúdios dos Capuchos, com moderação de João Almeida, e da Caminhada dos Capuchos, na Paisagem Protegida da Arriba Fóssil da Costa da Caparica.

Como preâmbulo das jornadas musicais do Festival dos Capuchos, o habitual ciclo de Conversas dos Capuchos é, em 2023, dedicado a três grandes vultos da literatura nacional, cujos centenário dos nascimentos se celebram este ano: Mário Cesariny de Vasconcelos, Natália Correia e Eugénio de Andrade. As Conversas, com curadoria e moderação de Carlos Vaz Marques, terão como convidados António Feijó, Bernardo Pinto de Almeida, Manuel Rosa, Golona Anghel e Arnaldo Saraiva, Filipa Martins e Helena Roseta.

O programa detalhado do Festival pode ser consultado em festivalcapuchos.com

Fonte: Comunicação C.M. Almada

 

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar