Palco do programa “Os Traidores”: Montebelo Alcobaça conspira para uma estratégia de bem-estar

2120 views

Usufruir de um merecido descanso no cenário onde foi gravado o reality show “Os Traidores”, atualmente em exibição na SIC, é a proposta do Montebelo Mosteiro de Alcobaça Historic Hotel para os fins-de-semana prolongados, feriados, pontes e férias que se aproximam.

A mais recente unidade cinco estrelas do Grupo Visabeira desafia a desfrutar de uma estadia única e convida a descobrir os locais onde se desenrola a trama de intriga e mistério, daquele que é o maior jogo de estratégia em televisão apresentado pela estrela internacional Daniela Ruah.

É, pois, no Claustro do Rachadouro, uma área do Mosteiro de Alcobaça reconvertida magistralmente num hotel cinco estrelas pelo vencedor do Prémio Pritzker 2011, Eduardo Souto Moura, que a trama dos dias de descanso se desenrola. Uma conspiração de bem-estar e relaxamento, na qual a Cultura e a História do património edificado, a gastronomia e a arte de bem receber da equipa Montebelo Hotels competem para uma missão de sucesso.

O programa de alojamento não inclui traições ou jogadas na manga, mas apresenta uma cartada irresistível: um refúgio de características ímpares para quem procura uma estadia tranquila e revigorante num ambiente minimalista, com séculos de história, a respirar traços de inconfundível modernidade e conforto.

Sem risco de bluff ou de passos em falso, os visitantes podem apostar em ficar num quarto ou numa suite virados para o Claustro ou para a cidade, seguindo o guião do livre arbítrio que os poderão levar a percorrer os longos e impressionantes corredores abobadados do hotel ou a visitar as belíssimas salas banhadas por luz natural que servem de palco a alguns dos momentos-chave de “Os Traidores”.

A sala “Constança”, onde foi construído o misterioso cenário do Conclave que recebe os “Traidores” todas as noites para discutir estratégias e definir quem devem eliminar do jogo, a sala “Pedro”, onde decorrem os pequenos-almoços e se descobre quem foi “assassinado”, a sala “Branca”, na qual são recolhidos os depoimentos e a antiga “Biblioteca do Mosteiro”, espaço emblemático onde todo o grupo se reúne em mesa redonda.

Estratégia vencedora é também apostar nos momentos de bem-estar no SPA, onde a única “manipulação” permitida é a dos tendões e músculos pela equipa de massagistas, cuja missão é a de “abater” o stress e os pontos de tensão e proporcionar um “escudo” de relaxamento sublime. Aos diferentes tipos de massagem junta-se, ainda, a área termal e a majestosa piscina interior, que atravessa os claustros e incorpora as históricas colunas de pedra dentro da própria água. Aqui vive-se a experiência única de nadar numa das 7 Maravilhas de Portugal e em Património Mundial da UNESCO, um prémio que todos vão querer conquistar.

Sem decisões polémicas e com todo o requinte, o hotel serve no restaurante gastronómico iguarias da região que convencem os paladares mais exigentes. O segredo reside nas propostas culinárias repletas de aromas e sabores, sempre prontas a serem descobertas, em provas saborosas e aprimoradas, quer ao pequeno-almoço quer nas refeições principais.

É assim que a conspiração de bem-estar se desenrola no Montebelo Alcobaça, numa estratégia em que ninguém ficará fora de jogo e cujo prémio final será uma estada não de prata, mas sim de ouro. “Bye Bye” stress e tensão, “Olá” dias de descanso e relaxamento estão à distância de um clique e prontos a serem descobertos em www.montebelohotels.com .

 

Sobre o Montebelo Mosteiro de Alcobaça Historic Hotel

Inaugurado em novembro de 2022, é a mais recente unidade do Grupo Visabeira. O hotel, edificado no Claustro do Rachadouro, do Mosteiro de Alcobaça, datado do século XII, classificado como Monumento Nacional desde 1910 e integrante da Lista do Património Mundial da Unesco desde dezembro de 1989, tem a assinatura do prestigiado Arquiteto Eduardo Souto Moura, cuja obra é reconhecida e valorizada à escala global como atesta a atribuição do Prémio Pritzker, o mais relevante prémio internacional no universo da arquitetura.

O conceito do Arquiteto Eduardo Souto Moura para ressuscitar o vetusto edifício foi inspirado no minimalismo e desapego da vida conventual, limpando o mesmo das inúmeras intervenções mais recentes e recuperando o espírito que marcou o imóvel ao longo dos séculos. É, também, o responsável pelo design do mobiliário, especialmente desenvolvido para o hotel e pela decoração do espaço, que conta ainda com algumas peças assinadas pelo arquiteto Siza Vieira.

Esta visão de arquitetura conseguiu destacar o virtuosismo e qualidade de materiais nobres como a pedra, a madeira, as peles, o aço, o betão e o vidro, em perfeito união com as seculares raízes do edifício e o irrepreensível respeito pelas pré-existências e pela história do Mosteiro.

O Montebelo Mosteiro de Alcobaça Historic Hotel é, para já, o sétimo hotel da cadeia Montebelo Hotels & Resorts, que em breve inaugurará, em Lisboa, no Chiado, mais uma unidade em Portugal. A cadeia detém, ainda, seis hotéis e resorts no território moçambicano.

Fonte: ice-iberica.com

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar