IRREVERÊNCIA DA “NO RULES WINES” QUER PÔR O DÃO NO MAPA DAS REGIÕES DE REFERÊNCIA DA EUROPA

225 views

Marca de “vinhos sem regras” junta trio do Dão: o enólogo Tiago Macena, o empresário António Sousa Martins e o consultor internacional de vinhos, Cláudio Martins.

Há dois anos no mercado, a “NO RULES WINES”, fundada pelos amigos António Sousa Martins, Cláudio Martins e Tiago Macena, os três com ligações reconhecidas ao mundo vínico, nasceu com vontade de se distinguir pela irreverência e autenticidade de fazer “vinhos tranquilos do Dão sem regras”, honrando a tradição do Dão, mas procurando “elevar esta região vitivinícola a um patamar superior”. Este é o terroir base do projeto, que surge com o objetivo principal de “expressar uma enologia que mostre a origem das uvas”, através de um investimento inicial de um milhão de euros. “Temos alguns vinhos menos usuais, tirando partido do potencial enológico da região e da nossa vontade de arriscar em alguns vinhos. A maior parte dos vinhos são DOC Dão, mas também temos vinhos Indicação Geográfica Protegida (IGP), nos quais nos é permitido o trabalho com outras técnicas e castas”, diz Tiago Macena. “CÓDIGO” foi a primeira marca de vinhos que apresentaram ao mercado, com quatro propostas, entre brancos e tintos, e que em poucos meses, viu esgotado o stock de cerca de 3 mil garrafas de cada referência. Em breve, uma sala de provas, à porta fechada, na adega que a empresa tem em Nelas vai permitir receber entusiastas por experiências vínicas fora da caixa. A aquisição de uma vinha no Douro também está nos planos do trio.

“Autenticidade”, “Sustentabilidade” e “Transparência” são os pilares principais da empresa, que já marca presença no mercado internacional, concretamente em Angola e Reino Unido. Para António Sousa Martins, o objetivo é “continuar a explorar novos mercados” e posicionar a “NO RULES WINES”, com sede em Oliveira do Hospital, entre as melhores do setor vinícola. “Desde a produção de vinhos mais requintados, em poucas quantidades e valores mais elevados, a vinhos “simples” e “descomplicados”, a preços mais acessíveis e em maiores volumes, a empresa quer “promover o melhor do Dão”, refere.

“Encruzado”, “Granius”, “Origem”, “Solstício”, Bical” e “Uva Cão”, são os seis vinhos que fazem parte da marca “CÓDIGO”, com PVP que varia entre os 20 e os 35 euros.

OS VINHOS

O Código Origem Branco, Solstício e o Granius 22, chegaram ao mercado no segundo semestre 2023 e rapidamente foram absorvidos pelos consumidores. Seguiu-se um monovarietal, o Encruzado 2022, no início de 2023. Em maio, chegaram ao mercado as novas colheitas (Código Origem Tinto 22 e Origem Branco 23) que “vieram reforçar a oferta para uma procura que o mercado está a absorver de forma extraordinária”, adianta Cláudio Martins. Para os colecionadores especiais, há uma edição limitada, de seis garrafas, pelo valor de 200 euros. Em julho, do Código serão lançadas novas colheitas de “Bical” e “Uva Cão” e duas novas referências “Infusão Subtil” e “Manifesto”.

AS QUINTAS

A adega no centro de Nelas, processa uvas de três parcelas de vinha arrendada, em diferentes localizações, solos graníticos —​ Póvoa das Quartas (Oliveira do Hospital) Girabolhos e Vila Nova de Tazem (Gouveia). A adega da NO RULES WINES localiza-se em Nelas, região vinícola do Dão, e testemunha a “tradição vinícola combinada com técnicas modernas de vinificação”.

Mais informações disponíveis em www.noruleswines.com

 

—————————————————————————————–

 

Sobre a NO RULES WINES É um projeto que nasce em 2022 com o objetivo de produzir vinhos diferenciadores e com personalidade, tirando partido do potencial enológico da região do Dão, e daquilo que é possível produzir de forma clássica ou contemporânea. Tiago Macena, Claúdio Martins e António Sousa Martins apostam nesta marca que se batiza pela “ausência de regras”, devido à vontade dos três em alcançar uma enologia criativa, sem fronteiras e sem bloqueios.

Fonte: s3ms.pt

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar