“Vinhos que vão bem com o ambiente”

1774 views

A segunda edição da campanha “Vinhos que vão bem com o ambiente”, organizada de 5 de junho a 31 de outubro de 2023, pelos produtores da José Maria da Fonseca Distribuição (José Maria da Fonseca, Ravasqueira, Lima & Smith e Quinta da Lagoalva), vai plantar 5.704 árvores autóctones no Parque Natural da Arrábida.

 

Durante os 5 meses da campanha, diversos supermercados disponibilizaram mini-rolhões para que os clientes pudessem levar para casa e depositassem rolhas de cortiça usadas. Os participantes deviam devolver depois os rolhões cheios às lojas, depositando as rolhas nos recipientes localizados junto ao espaço das marcas participantes. A entrega era ilimitada, permitindo aos participantes contribuir várias vezes ao longo da campanha. Para cada conjunto de 10 rolhas de cortiça recolhidas, uma árvore seria plantada. A iniciativa conseguiu arrecadar um total de 57.004 rolhas de cortiça.

A campanha, associada ao projeto Green Cork da Quercus, em parceria com a Amorim, tinha como objetivo promover a reciclagem de rolhas e contribuir para a recuperação da floresta autóctone portuguesa. Além disso, a iniciativa visava sensibilizar a sociedade para práticas mais responsáveis e comprometidas com o meio ambiente.

“Na José Maria da Fonseca, estamos comprometidos não apenas com a excelência dos nossos vinhos, mas também com a sustentabilidade e o respeito pelo ambiente. Acreditamos firmemente que é possível produzir vinhos de alta qualidade de forma responsável e ecológica. A campanha ‘Vinhos que vão bem com o ambiente’ reflete esse compromisso, destacando os esforços que fazemos para reduzir o nosso impacto ambiental e promover práticas sustentáveis em toda a nossa cadeia de produção. Pelo segundo ano consecutivo, obtivemos resultados extraordinários na recolha de rolhas de cortiça, contribuindo assim para a reflorestação de uma zona protegida que nos é tão querida e familiar”, revela António Maria Soares Franco, co-CEO da José Maria da Fonseca.

Como resultado desta campanha, serão plantadas 5.704 árvores de diversas espécies, incluindo amieiros, azinheiras, bordos, carvalhos, freixos, lódãos, loureiros, medronheiros, pilriteiros, salgueiros, entre outras. A área exata para a plantação será definida em breve, mas estará localizada no Parque Natural da Arrábida.

Fonte: global-press.com

 

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar