VER/DE – ESTUFA FRIA

604 views

Lisboa Capital Verde

GreenFest

Num momento na história do Planeta em que o ser humano questiona a sua própria

existência, permanência e pegada carbônica relativa a uma quarta revolução industrial

(Klaus Schwab) potenciada pela aceleração exponencial tecnológica onde questões

como o antropoceno, o transumanismo, a manipulação do DNA e genética bem como

outras questões adjacentes a estes movimentos influenciam e aceleram um novo

paradigma de transição.

Momento onde o frequente“scroll” à realidade, pela procura de “novas histórias”

contribui para a perda da referência à contemplação, contribuindo cada vez mais para o

afastamento do ser humano do elemento natureza. Coloca-se aqui uma reflexão em

que a paisagem cultural e natural não são linguagens opostas, que se podem

manifestar como complementares, um diálogo íntimo, entre natureza e cultura. Esta

deslocação intencional visa jogar com a ideia de criação na condição da origem remota

e seminal, procurando com isso alimentar o nosso desejo de uma linguagem universal,

uma estrutura inteligível capaz de espelhar o inconsciente colectivo numa era saturada

de interfaces e satélites – tecnológicos, artificiais –, devolvendo uma experiência

emotiva e contemplativa ao universo da representação visual.

Neste diálogo – homem/natureza – questiona-se assim um momento, uma época, onde

de certa forma paira uma inquietude de quem habita um espaço do qual não se pode

apreender o todo, onde a velocidade é proporcional ao esquecimento gerando uma

condição que nos leva a reinventar a forma como lemos e interpretamos a realidade e

na qual se debatem novas formas de diálogo, relações humanas e processos de

contemplação e relação com elementos pré- existentes ao homem. Numa sociedade

dita contemporânea, controlada por satélites artificiais, onde a velocidade da geração

do “pos- digital” dita o tempo, e substitui de uma forma artificial o mundo

natural/analógico.

Dentro deste paradigma apresenta-se o projecto curatorial InSitu, que se materializa

em duas exposições em espaços verdes distintos – em Braga, na floresta do Mosteiro

de São Martinho de Tibães e em Lisboa, na Estufa Fria. Ambos apresentam cinco

obras inéditas, comissariadas e desenvolvidas por cinco artistas – Adrien Missika, Inês

Norton, Nicolás Lamas, Paulo Arraiano e Pedro Vaz. Os artistas foram desafiados a

criar obras que entram em diálogo com o lugar onde estão expostas e também entre as

próprias obras criadas para as exposições em Lisboa e em Braga. Um projecto com

curadoria de Inês Valle.

 

O Projecto InSITU composto pelas exposições AL/TAR e VER/DE, Braga e Lisboa

respectivamente, está incluído na programação oficial de Lisboa Capital Verde 2020.

Um projecto desenvolvido com o apoio do GreenFest. Um projecto com o apoio

institucional e financeiro da CMB e CML

 

LISBOA CAPITAL VERDE 2020

www.lisboagreencapital2020.com

A 21 de Junho de 2018 Lisboa foi distinguida com o galardão de Capital Verde

Europeia 2020. A distinção, que resulta da avaliação de um conjunto de especialistas

internacionais sobre 12 indicadores que visam avaliar a sustentabilidade na cidade, foi

anunciada pelo Comissário Europeu do Ambiente, Assuntos Marítimos e Pescas,

Karmenu Vella.

On June 21st 2018, Lisbon was awarded the title of European Green Capital 2020. The

distinction, which is the result of the assessment of a set of international experts on 12

indicators aimed at assessing sustainability in the city, was announced by the European

Commissioner for Environment, Maritime Affairs and Fisheries, Karmenu Vella

 

GREENFEST

www.greenfest.pt

É o maior movimento de sustentabilidade do país. O Greenfest reúne um painel de

pessoas inspiradoras, ideias inovadoras e projetos impactantes. Este evento celebra o

que de melhor se faz nas quatro vertentes da sustentabilidade: ambiente, sociedade,

economia e cultura. Este ano, o Greenfest tem uma novidade: para além do evento

presencial que acontece há já 12 anos, de 20 a 22 de Novembro pode assistir a tudo o

que se passa sem sair de casa ou do escritório. Queremos que tod@s tenham acesso

a partir de qualquer lugar! O evento presencial vai decorrer nas instalações da Nova

SBE, em Carcavelos. Registe-se no evento online do Greenfest Carcavelos. Em

pessoa ou no ambiente digital, esperamos por si!

 

 

Artistas

Adrien Missika

Inês Norton

Nicolás Lamas​

Paulo Arraiano

Pedro Vaz

 

Curadoria

In​ês Valle

 

Datas

11 Nov 2020 – 21 Mar 2021

 

Local

Estufa Fria de Lisboa

Parque Eduardo VII

 

Horário

Todos os dias

09h00-17h00

Domingo de manha entrada Gratuita

 

http://estufafria.cm-lisboa.pt

 

 

Créditos: Pedro Vaz Estação II, 2020 354º N, 41º33’9’’ N, 8º28’40’’ W três esteios em pedra.

Fonte: MI6

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar