THE LEGENDARY TIGERMAN

356 views

Em 2019, o ano que marcou o décimo aniversário do álbum “Femina”, The Legendary Tigerman passou mais de 3 meses em Paris à procura de um novo som, à procura de uma nova maneira de criar Rock’n’roll, escrevendo, pela primeira vez, canções com sintetizadores modulares e não guitarras.

Viu o Inverno a transformar-se em Primavera e a Primavera em Verão, tristemente viu a Notre-Dame a arder, vagueou, sozinho à noite, pelos corredores vazios do Le 104, passou dias a observar as pessoas a dançar em frente às janelas do seu atelier e realmente viveu Paris.
Sentiu a cidade, perdeu-se na cidade, viu o seu lado negro e a sua loucura, mas também a sua luz. Escreveu sobre tudo isso e esses pedaços de Paris foram a maior influência para a sua transformação, para a criação de uma nova voz.

A primeira música que escreveu foi “Good Girl”.

«Com “Good Girl“, senti finalmente que havia aqui algo novo nesta exploração de paisagens musicais desconhecidas, mas ainda assim mantendo a alma e o esqueleto de The Legendary Tigerman bastante vivos.
Foi emocionante ver esse novo som ganhar vida, dançar no escuro enquanto o sub-grave e os 
arpeggios dos sintetizadores modulares distorciam o meu PA e sentir que, ainda assim, continuava a fazer Rock’n’roll.
Foi também a primeira música que o Anthony Belguise produziu em Paris, mas, imediatamente, senti que precisava de um pouco de Roma, onde o “Femina” começou, tantos anos antes, com a Asia Argento (as primeiras músicas gravadas no “Femina” foram “Life Ain’t Enough for You” e “My Stomach Is the Most Violent of All of Italy”).
A Asia Argento foi a convidada perfeita para “Good Girl”: uma música sexy, poderosa e provocativa, pedia uma artista de rock 
badass e nisso a Asia é imbatível», diz Tigerman.

A primeira faísca para este trabalho foi essa ideia de fazer outro álbum de colaborações – como o “Femina” – mas desde o início percebeu que estava a escrever músicas para as pessoas dançarem, e tudo o que tinha escrito e sentido – e que pertencia ao seu micro-cosmos – era, na verdade, mais universal do que pensou quando começou.

Good Girl” é a primeira canção do novo disco do artista, a editar este ano, que será apresentado no festival Super Bock Super Rock, no dia 13 e Julho.

 

THE LEGENDARY TIGERMAN – Good Girl feat. ASIA ARGENTO

(Lyrics & Composer Paulo Furtado)

Performer: The Legendary Tigerman

Modular Synths, Keys and Synths: Paulo Furtado & Anthony Belguise

Guitar: Paulo Furtado

Vocals: Paulo Furtado

Guest Vocals: Asia Argento

Sax: João Cabrita

Producers: Anthony Belguise & Paulo Furtado at Estúdios Tigre Branco and

Daffodil Studio

Mixing Engineer: Nicolas Quérè at 1616 Studio

Mastering Engineer: Dick Beetham at 360 Mastering, UK

Fonte: ocolectivo.com

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar