Setúbal é a capital da ilustração

482 views

Liberdade ilustrada no feminino

Exposições, muitas ilustrações de artistas nacionais e internacionais, canções de Sérgio Godinho ilustradas, mostra de fotografia, sessões literárias, cinema e concertos. É vasto o programa de atividades da Festa da Ilustração, que irá decorrer em Setúbal, entre 30 setembro e 30 de dezembro.

O evento, criada há nove anos pela Câmara Municipal de Setúbal, no seguimento do atentado ao jornal francês Charlie Hebdo, terá nesta edição cinco mulheres como ilustradoras: Madalena Matoso, Martina Manyà, Laura Costa e Inês Viegas Oliveira.

Sérgio Godinho será uma presença forte na Festa da Ilustração, que tem como curador José Teófilo Duarte. Foram convidados cinco novos valores da ilustração – André Ruivo, Gonçalo Duarte, Inês Viegas Oliveira, Mantraste e Martina Manyà – para ilustrar cinco novas canções de Sérgio Godinho. Estes trabalhos vão ser e integrados na exposição intitulada: “Sérgio Godinho e as 40 ilustrações mais cinco”.

“Ilustrar é um verbo que pressupõe uma ação, mas, acima de tudo, é uma expressão grande da arte da criação e da liberdade de quem cria através dos seus traços”, explica o vereador da cultura Pedro Pina. Princípios que ganham uma renovada importância numa altura em que Portugal se comemora os 50 anos do 25 de Liberdade.

 

Um cartaz de nível mundial

  • A ilustradora Madalena Matoso é a convidada nacional na edição 2023 da Festa da Ilustração e está em destaque na Galeria de Exposições da Casa da Cultura com a mostra de trabalhos originais “Coisas Invisíveis”, a inaugurar a 30 de setembro, às 18h00, no arranque do evento, mantendo-se até 26 de novembro.
  • Martina Manyà é a convidada estrangeira, com trabalhos, pautados pelo caráter abstrato, apresentados ao público na mostra “Contágio, Serigrafias Mutantes”, a inaugurar também a 30 de setembro, no Espaço João Paulo Cotrim, na Casa da Cultura, e em exposição até 26 de novembro.
  • A Festa da Ilustração 2023 destaca também a veterana Laura Costa, homenageada com uma mostra onde são apresentados alguns trabalhos da ilustradora falecida em 1993, em particular aqueles realizados para livros e jogos tradicionais (a partir do dia 7 de outubro na Galeria Municipal do 11).
  • A completar o pleno feminino, Inês Viegas Oliveira, vencedora do Prémio Nacional de Ilustração 2023, também marca presença em Setúbal na exposição “O Duelo”, com o primeiro trabalho literário da jovem ilustradora, com texto e ilustrações da própria (inaugura a 7 de outubro, na Livraria Culsete).
  • A Festa conta com um total de 14 exposições, na Casa da Cultura, Galeria Municipal do 11, Museu do Trabalho Michel Giacometti, Casa d’Avenida, Casa do Largo, Casa Bocage, A Gráfica, Museu de Setúbal/Convento de Jesus, Livraria Culsete e bibliotecas de Setúbal e Azeitão.
  • O chileno Alejandro ‘Mono’ González volta à cidade setubalense com a mostra “Ditadura, nunca mais”, com cartazes realizados contra a ditadura de Pinochet, patente da Casa Bocage de 7 de outubro a 11 de novembro.
  • Já o Museu de Setúbal/Convento de Jesus recebe, de 8 outubro a 30 de dezembro, a mostra “Sérgio Godinho e as 40 ilustrações mais cinco”.
  • O leque de exposições inclui “Cthulhu Sadino”, um projeto de banda desenhada de Pedro Moura, Daniel Maia e Marco Gomes que proporciona um outro olhar para o choco frito setubalense.
  • “Ilustração Portuguesa” volta a estar presença na Festa da Ilustração com um conjunto de trabalhos de vários ilustradores e vai estar no espaço A Gráfica, de 7 a 31 de outubro.
  • Destaque, ainda, para uma mostra de Bernardo P. Carvalho patente na Casa d’Avenida de 30 de setembro a 31 de outubro, que leva o público à descoberta dos desenhos originais do ilustrador realizados ao longo de um ano na conceção da novela gráfica “Mar Negro”, que dá nome à exposição.
  • O programa da Festa da Ilustração 2023 conta ainda com as exposições “Ver ao Perto”, com trabalhos de artistas locais, na Casa do Largo, “Levar à Letra”, na Casa d’Avenida, e “Pelo Sonho é que Vamos – Sebastião da Gama e a Serra da Arrábida”, nas bibliotecas de Setúbal e Azeitão.
  • Há ainda um conjunto de conversas no decorrer do certame, com Pedro Moura, Jorge Silva, Madalena Matoso, Martina Manyà, Inês Viegas Oliveira, Bernardo Carvalho, Ana Nogueira, José Teófilo Duarte e Sérgio Godinho, agendada para 28 de outubro, assim como visitas guiadas a exposições na Casa da Cultura, com a presença de autores.

Fonte:f5c.pt

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar