Os Senhores do Tempo

1297 views

Chega hoje às livrarias o terceiro e último capítulo da aclamada Trilogia da Cidade Branca, de Eva G. Sáenz de Urturi

Uma das mais lidas e consagradas escritoras espanholas regressa com Os Senhores do Tempo, o último volume da Trilogia da Cidade Branca protagonizada pelo mais famoso criminal profiler do País Basco

 

A LeYa/Lua de Papel publica esta terça-feira, 20 de junho, o terceiro e último capítulo da Trilogia da Cidade Branca, de Eva G. Sáenz de Urturi, uma das mais lidas escritoras espanholas. Os Senhores do Tempo marca o regresso de Eva G. Sáenz de Urturi ao universo que começou a criar no bestseller internacional O Silêncio da Cidade Branca, thriller ambientado em Vitoria, cidade natal da autora, e que só em Espanha vendeu mais de um milhão de exemplares, tendo sido publicado em mais de 30 países e entretanto adaptado ao cinema.

 

Em Os Senhores do Tempo o mais famoso criminal profiler do País Basco enfrenta o derradeiro desafio – o mistério chega ao fim. Os habitantes de Vitoria, uma das mais belas cidades do País Basco, estão apaixonados por um romance misterioso, escrito sob pseudónimo e intitulado Os Senhores do Tempo. É uma obra macabra, que narra uma série de crimes hediondos passados na Idade Média…

 

Acontece que os crimes narrados nas páginas do livro começam a ser replicados na vida real. E Kraken, o célebre profiler e inspetor da polícia, não tem mãos a medir: há uma morte por envenenamento provocada pela mosca espanhola (o nome dado ao Viagra medieval), outra por emparedamento (também seguindo costumes ancestrais) e por fim um corpo é atirado ao rio num barril, juntamente com um galo, um cão, um gato e uma cobra. No decurso das suas investigações, Kraken acaba por se cruzar com o senhor da torre de Nograro, uma casa fortificada habitada há mais de mil anos por sucessivos varões primogénitos da família, todos com graves transtornos de personalidade. E, para grande surpresa sua, descobre também que há estranhas relações entre o bestseller medieval e o seu próprio passado, que regressa para o atormentar.

 

Eva García Sáenz de Urturi é uma das mais conhecidas autoras espanholas da atualidade. Apaixonada pela literatura, viu o seu primeiro romance, La Saga de los Longevos, ser rejeitado por várias editoras. Acabou por publicá-lo numa edição de autor, que se tornaria um sucesso na Amazon. Foi o primeiro passo para o reconhecimento internacional. Em 2016, e após ter ingressado na Academia da Polícia para conhecer melhor as investigações criminais, publicou O Silêncio da Cidade Branca, primeira obra de uma trilogia protagonizada pelo profiler Kraken. O thriller, ambientado na sua cidade natal, além de aclamado pela crítica, tornou-se um enorme sucesso comercial – com mais de um milhão de exemplares vendidos só em Espanha, tendo sido traduzido em mais de 30 países e entretanto adaptado ao cinema, num filme Netflix protagonizado por Javier Rey e Belén Rueda. Seguiram-se Os Rituais da Água e este Os Senhores do Tempo (que encerra a trilogia). Em 2020 recebeu o Prémio Planeta pelo romance histórico Aquitânia (que recria a vida de Leonor de Aquitânia).

 

Traduzido do espanhol por Patrícia Cascão, Os Senhores do Tempo chega agora às livrarias com um PVP de €18,90.

Fonte: LeYa

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar