Os Crimes de West Heart

336 views

Único e fenomenal, o aclamado bestseller de Dann McDorman chega esta terça-feira às livrarias

Arrebatadora estreia na ficção de Dann McDorman, produtor nomeado para um Emmy, Os Crimes de West Heart é uma história de suspense original que subverte as regras do romance policial. Quem lê este quebra-cabeças único também participa na resolução do enigma, na senda dos caminhos trilhados por Agatha Christie e Patrícia Highsmith e tendo presente os escritos de Borges, Shakespeare e Sófocles, que também serão chamados à investigação do mistério.

A LeYa/ Lua de Papel publica esta terça-feira, dia 2 de abril, Os Crimes de West Heart, o fenomenal romance de estreia de Dann McDorman. Bestseller aclamado pela crítica e pelo público, Os Crimes de West Heart é um quebra-cabeças totalmente único que subverte as regras do romance policial. Quem o lê também participa na resolução do enigma. História de suspense original, acompanha um grupo de membros do exclusivo clube de caça West Heart, um condomínio fechado situado num local idílico a norte de Nova Iorque, durante um fim de semana prolongado, nos anos 1970.

«Divertido, inteligente e inovador. Os Crimes de West Heart é um romance notável, escrito por um autor de enorme talento, que criou um romance policial inteiramente único.» Afirmou Stuart Turton, autor de As Sete Mortes de Evelyn Harddcastle«Um quebra-cabeças que vai agradar a toda a gente.» Acrescentou Benjamin Stevenson, autor de Na Minha Família Todos Mataram Alguém. «Uma história de suspense absolutamente original, que saltita entre vários elementos do género – do romance histórico ao mistério num quarto fechado -, ao mesmo tempo que consegue ser sempre extremamente divertida.» Declarou Chris Pavone, autor de Duas Noites em Lisboa. «Potente… Os conhecimentos de McDorman são tão abundantes quanto a sua inteligência.» Lê-se na crítica de Sarah Weinman publicada pelo The New York Times. Para a BookPage, «Os Crimes de West Heart é indiscutivelmente ambicioso e absolutamente divertido…». Segundo a CrimeReads, o livro é “uma deliciosa inovação no género».

 

Caro leitor, conhece o clube de caça West Heart? Provavelmente não. É um condomínio fechado, a norte de Nova Iorque. Só lá entram as famílias fundadoras, a nata da nata. Mas há algo de podre no paraíso, e um dos patriarcas contratou um detetive para investigar…
Quer dizer, detetives somos todos, não é? Eu, o leitor, e os ricaços, que se divertem a trair as mulheres e os maridos naquele cenário idílico, onde não faltam valas para enterrar mortos.
Por falar nisso, não lhe quero estragar o prazer da leitura, mas vai aparecer um cadáver em breve. Ou mais, se quer que diga a verdade. e haverá pistas, muitas, não vou esconder nenhuma. No final, saberá quem matou quem e porquê. E, atrevo-me a dizer, nunca leu nada assim, porque quem lê também participa na resolução do enigma. Pelo meio, vai descobrir que não está sozinho. Agatha Christie já trilhou estes caminhos; Patricia Highsmith idem – e como sou uma pessoa muito lida, também vou chamar à investigação do mistério os escritos de Borges, Shakespeare e Sófocles. Pois bem, aproxima-se um feriado grande aqui nos Estados Unidos, estamos nos anos 1970, o carro com o detetive serpenteia pela estrada, ao longe já se vê o clube de caça…

 

Formado em História na Universidade da Columbia, Dann McDorman é produtor de serviços noticiosos de televisão. Nomeado para um Emmy, supervisionou entrevistas a personalidades como John McCain, Barack Obama ou Kamala Harris. Trabalhou ainda como jornalista, crítico literário e artífice de armários. Vive em Brooklyn com a mulher e os dois filhos.

Traduzido do inglês por Maria Saraiva, o romance Os Crimes de West Heart chega às livrarias numa edição da Lua de Papel com 320 páginas e um PVP de 16,90€.

 

Fonte: LeYa

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar