NOVA PEÇA DA COLEÇÃO WWB, DA BORDALLO PINHEIRO, DÁ “ASAS À COBRA”

136 views

MARCELA CANTUÁRIA E A SUA EXPRESSÃO CROMÁTICA DÃO NOVA VIDA A PEÇA DA BORDALLO PINHEIRO

“Asas à Cobra”, a mais recente obra da coleção WWB – WorldWide Bordallianos, da Bordallo Pinheiro, tem um toque de irreverência quase tropical. A décima primeira obra da WWB, desenhada por Marcela Cantuária e com o acompanhamento dos especialistas da Fábrica Bordallo Pinheiro, dão vida a uma figura que tem alguma coisa de mitológica. Uma cobra com asas, pintada em tons que nos transportam para outros continentes e até outras dimensões. Cores trazidas através de memórias de infância da artista enchem de personalidade um corpo que não tem princípio, nem fim, numa dança fantasiosa que ressoa a obra de Raphael.

Sobre a criação a artista refere: “Em Asas à Cobra tive a oportunidade de reelaborar a magia dos símbolos que perpassam a minha pesquisa em uma materialidade escultórica, aproximando assim meu universo de fabulações às cerâmicas da Bordallo Pinheiro. Parte do meu vocabulário plástico-formal caracteriza-se pela presença de animais como catalisadores de cenas mágicas e,
nesse sentido, me interessa pensar em suas múltiplas possibilidades de interpretação em diferentes culturas.” Esta é uma Edição Especial numerada e limitada a 140 exemplares, com um PVP de 2.450,00€ à venda nas lojas da Bordallo Pinheiro e em bordallopinheiro.pt

SOBRE WWB – WORLD  WIDE BORDALLIANOS 

WorldWide Bordallianos faz parte de um segmento de arte contemporânea da Bordallo Pinheiro e é o seguimento das coleções 7 Bordallianos de Portugal e 20BB –  Bordallianos do Brasil. Neste projeto, nomes nacionais e internacionais ligados às áreas criativas das belas-artes, design e moda  terão a oportunidade de reinterpretar Bordallo à luz da sua própria arte e do seu próprio processo  criativo. Este projeto é limitado a um máximo de dois lançamentos por ano. Deste projeto fazem parte nomes como Paula Rego, Vhils, Julião Sarmento, Studio Campana, Melanie Smith, Luiz Zerbini, José Pedro Croft, Rosângela Rennó, Pedro Cabrita Reis entre outros. 

SOBRE MARCELA  CANTUÁRIA 

Nascida no Rio de Janeiro, Brasil, em 1991, Marcela Cantuária é artista visual, formada em Pintura pela Escola de Belas Artes da  Universidade Federal do Rio de Janeiro. As suas obras emergem de uma elaboração  concetual ligada ao imaginário político, na medida em que questionam o status quo  representando personagens obliteradas pelo  colonialismo. Apropriando-se de imagens de  diferentes origens, Cantuária elabora contra  narrativas com o objetivo de destacar a possibilidade de florescerem outros futuros.  Com um corpo de trabalho inspirado pela sua  pesquisa sobre as lutas travadas por mulheres,  especialmente no Sul Global, a artista aborda  temas relacionados com o protagonismo político  feminino e a luta de classes. A artista também faz parte da organização nacional Brigadas  Populares, onde efetua oficinas de arte.

 

SOBRE A BORDALLO  PINHEIRO 

A Fábrica de Faianças das Caldas da Rainha foi  fundada em 1884, cruzando as artes tradicionais  da cerâmica, a modernidade de diversos estilos  que se anunciavam como o futuro, e a originalidade  e irreverência do seu criador, Raphael Bordallo  Pinheiro. Assim nascia a produção de peças  indissociáveis, até hoje, do nosso imaginário, plenas  de criatividade e humor, marcadas pela consciência  social e pela transgressão das ideias feitas.  

A aquisição da empresa por parte do Grupo  Visabeira em 2009 resgatou esta herança  de enorme valor, assegurando a continuidade  de uma empresa de destacada notoriedade  artística que se confunde com o património  cultural nacional. Utilizando ainda grande parte  das técnicas centenárias na reprodução dos  modelos, a fábrica prossegue hoje a recuperação  do riquíssimo e vastíssimo legado bordalliano e,  animada pelo mesmo espírito pioneiro que lhe deu  origem, cria produtos contemporâneos, reforçando  a sua ligação a artistas de renome da arte  contemporânea e alicerçando o seu prestígio nos  diversos mercados em que marca presença. Nomes  como Claudia Schiffer, VHILS, Estúdio Campana,  Nini Andrade, Joana Vasconcelos,  

Paula Rego, Maria Lynch, Vik Muniz, entre outros,  dão continuidade ao espírito e trabalho de Raphael  Bordallo Pinheiro, seja através de reinterpretações  das suas obras, seja com obras próprias mas,  marcadamente, inspiradas pelo legado que Raphael deixou. 

Reconhecidas internacionalmente, as coleções  da marca têm sido galardoadas com os mais  altos prémios de design que premeiam o talento  nesta área. Já fazem parte da história da Bordallo  Pinheiro prémios como os German Design AwardsIconic Awards e European Product Design Awards

Atualmente, os principais mercados internacionais  são a França, Itália, Espanha, Reino Unido, Holanda,  Suécia, Estados Unidos da América e Japão.  A marca está disponível, online, em todo o mundo,  conquistando cada vez mais admiradores. 

 

Fonte: vistaalegre.com

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar