No meu bairro

634 views

Lúcia Vicente, escritora e ativista, conta histórias de 12 crianças no primeiro livro infantojuvenil português escrito com base no sistema de linguagem neutra ELU.

Autora de Raízes Negras e Portuguesas com M Grande, Lúcia Vicente aborda desta vez a diversidade de género, familiar, racial, religiosa, entre outras, através de histórias-poemas escritas em linguagem inclusiva. O livro pretende contribuir para a normalização do sistema gramatical neutro na língua portuguesa, e inclui, no final, um «Manual de apoio para educar pessoas conscientes, empáticas e respeitadoras das individualidades e das diversidades». A autora acredita que o livro poderá ser útil nas aulas de Cidadania, como sublinha na nota introdutória:

«Escrevi este livro a pensar, muito concretamente, na disciplina de Cidadania, o parente pobre das demais disciplinas, em que, na maioria das vezes, es professorus sentem falta de materiais didáticos para trabalhar em sala de aula.»

SINOPSE
Este livro representa uma forma inspiradora de vida em comunidade. É um livro sobre ti e sobre todes nós. Uma abordagem cheia de poesia à diversidade, ao respeito pela individualidade e à aceitação.
Esta obra tem a missão de mudar os estereótipos que existem na sociedade e assume, com orgulho, a diversidade, tornando-a visível para que se possa finalmente normalizar. Através de uma viagem pelas interrogações e vidas de doze crianças, fala-se de diversidade de género, familiar, racial ou de credo religioso, dando ferramentas a quem educa para abordar estes temas, cada vez mais presentes na vida das nossas crianças. Os livros são a ferramenta ideal para a normalização de uma linguagem que represente de igual forma todas as pessoas. Assim, pela primeira vez em Portugal, vamos assumir uma proposta do sistema gramatical neutro ELU.

Revisão de linguagem e conteúdos:

Alexandra Santos, mestre em Género, Sexualidade e Teoria Queer

Bruno Gomes Gonçalves, Delegado Nacional do Programa ROMED e presidente da Letras Nómadas – Associação de Investigação e Dinamização das Comunidades Ciganas

Título: No meu bairro
Autora: Lúcia Vicente
Ilustrador: Tiago M.
No de pág.: 48
Preço: 13,95€
Nas livrarias a 11 de setembro

 

SOBRE A AUTORA

Lúcia Vicente nasceu em 1979, em Faro, numa família cheia de mulheres. Em 1995, criou, juntamente com um grupo de amigos, o coletivo feminista MUPI (Mulheres Unidas Pela Igualdade), e dedicou-se ao ativismo feminista em adolescente. Em 1997, foge rumo a Lisboa, onde se licenciou em História e História Cultural e das Mentalidades. Em 2018, publicou o seu primeiro livro feminista para crianças, Portuguesas com M grande. Também é autora de Feminismo de A a Ser e Raízes Negras, entre outros títulos.

 

SOBRE O ILUSTRADOR

Tiago M. nasceu em Coimbra, em 1992. Licenciou-se em Comunicação Social, e foi aprendendo vários ofícios por conta própria. Trabalhou em marketing, design, captação e edição de vídeo e fotografia. Durante a pandemia, redescobriu o amor pelos desenhos. Um ano depois ilustrou o seu primeiro livro infantil e, desde então, tem trabalhado para dentro e para fora de Portugal, contando já com uma mão cheia de projetos publicados. Gosta de retratar os momentos mais mundanos e prazerosos da vida — como gente a dançar — e, sempre que possível, inclui um cão e/ou um gato nas suas ilustrações.

 

Fonte:penguinrandomhouse.com

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar