MILA DORES | “Afia a Língua” no Festival da Canção 2024

300 views

Apresentada “Afia a Língua”, canção que irá ao Festival da Canção

Depois de apresentadas as canções que concorrem ao Festival da Canção 2024, “Afia a Língua”, de Mila Dores e com produção de Filipe Sambado, pode já ser ouvida em todas as plataformas digitais. Esta canção marca o regresso da cantautora ao evento produzido pela televisão pública, no qual já tinha participado como intérprete, em 2019. Agora como autoraMila Dores apresentará a sua canção na primeira semi-final do Festival, no dia 24 de Fevereiro.

Afia a Língua” confirma Mila Dores como uma das vozes da nova geração que tem na música de raiz tradicional uma das suas maiores inspirações. A par de uma abordagem musical reveladora da mescla entre a modernidade e a tradição, Mila Dores afirma-se como uma letrista atenta à realidade social que a rodeia, apostando na transmissão de mensagens que apelam à afirmação pessoal e dos valores igualitários que preconiza.

A participação no evento surge num momento em que Mila Dores se encontra a divulgar as canções que integrarão o seu novo longa duração que será publicado em Março e do qual foi já possível descobrir “Não te ponhas a jeito”“Limão e jasmim” e, mais recentemente, “Deixa arder”. Uma artista a quem, certamente, devemos prestar atenção neste ano que se inicia.

 

 

Mila Dores é uma artista com um intenso “espírito livre” – palavras roubadas a uma crítica do Sunday Times aquando da sua passagem pelo Reino Unido – cuja música e olhar imprimem uma auto descoberta destemida. Estudou no Leeds College of Music e partilhou o palco com músicos de referência da cena jazzística britânica entre 2006 e 2012. Voltou a Portugal e aventurou-se para os palcos e para a gravação do seu disco de estreia – o álbum “A Quem Possa Interessar” sai em 2015 e a canção “Jaula” salta rapidamente para o disco dos Novos Talentos FNAC, na edição desse mesmo ano.

Seguiu-se o EP “Canções de Sedição”, produzido por Miguel Ferreira, dos Clã, que  mereceu justos elogios à sua sensibilidade e cuidado na escrita e composição.

Recentemente, a par da revelação de algumas canções que integrarão o seu novo disco, compôs “Madrugou” para a fadista Sara Correia.

Fotos de Joana Linda

Fnte: ocolectivo

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar