Marquês de Borba Branco Vinhas Velhas 2022: um vinho gastronómico que enobrece a mesa

623 views

Mais do que um clássico do Alentejo, o Marquês de Borba Vinhas Velhas 2022 é um vinho que enobrece a melhor mesa. Elaborado com as castas Arinto, Roupeiro, Antão Vaz e Alvarinho, as uvas são provenientes de parcelas de vinhas velhas, com mais de 25 anos – todas elas a 300 metros de atitude e colhidas manualmente, de manhã bem cedo, de maneira a preservar a frescura identitária do vinho.

Esta é a sexta edição de uma marca emblemática que dispensa apresentações e cujo nome nasce de uma dupla e feliz coincidência – se, por um lado, tanto as vinhas como a adega de João Portugal Ramos têm raízes fundas e fixas na subregião de Borba, por outro, o título nobiliárquico Marquês de Borba foi atribuído a um tio da família, em 1811, que se distinguiu pela sua enorme cultura e paixão pelas artes.

O quarteto de castas que dá vida à nova colheita resulta num blend de excecional qualidade, onde se evidenciam os aromas de frutos cítricos, como a toranja e o limão, acompanhados de uma tosta proveniente de barrica que não se sobrepõe à fruta. Evidente é também a grande frescura e mineralidade na boca, destacando-se ainda uma ligeira gordura proveniente do estágio sobre as borras. O vinho permaneceu um total de oito meses em barricas de carvalho francês e húngaro.

O ano de 2022 fica para a história como um ano anormalmente seco e quente, muito desafiante quer para os viticultores quer para os enólogos, mas dele resultam vinhos concentrados e volumosos, que brilham à mesa. Fazendo jus àquela que é uma das marcas mais emblemáticas de João Portugal Ramos, lançada pela primeira vez em 1997, e que alia a tradição do Alentejo a uma enorme qualidade, a colheita 2022 do Marquês de Borba Vinhas Velhas, perpetua um legado inconfundível.

Já disponível no mercado, está à venda em garrafeiras especializadas de Norte a Sul do país e no canal Horeca.

 

Marquês de Borba Branco Vinhas Velhas 2022 | PVP Recomendado (Portugal) – 20€

Sobre João Portugal Ramos: João Portugal Ramos, um dos mais reconhecidos enólogos portugueses, dá nome ao Grupo (JPRV), que em 2022 celebrou 30 anos de existência. O Grupo João Portugal Ramos Vinhos produz e exporta cerca de 60% dos vinhos para mercados além-fronteiras como Polónia, Suécia, Estados Unidos da América, Brasil, China, Angola, Bélgica, Canadá, entre outros. As suas internacionalmente premiadas marcas de vinhos provêm de regiões tão distintas como Alentejo, Douro, Beiras e Vinhos Verdes, procuram dar rosto e um lugar de destaque internacional a todos os vinhos portugueses, sendo as suas marcas mais emblemáticas Marquês de Borba e Duorum. Antes de fundar a JPRV, João Portugal Ramos foi consultor-enólogo de várias adegas do país, tendo tido uma enorme influência na forma como o setor evoluiu quer na qualidade, quer no reconhecimento internacional. Hoje, o Grupo afirma-se como um elemento de desenvolvimento económico e vinícola, uma voz incansável procurando sempre o justo reconhecimento do vinho português no mundo.

Descubra todo o universo João Portugal Ramos em:   

www. jportugalramos.com

Instagram: joao_portugal_ramos

Facebook: @J.PortugalRamos

 

Fonte: global-press.com

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar