“Mal Viver” é o filme português candidato aos Óscares 2024

148 views

O filme “Mal Viver” do realizador João Canijo é o candidato de Portugal à categoria de Melhor Filme Internacional, na 96ª edição dos Prémios da Academia Americana de Cinema.

Depois de uma votação entre os membros da Academia Portuguesa de Cinema (APC), que decorreu entre 15 de agosto e 12 de setembro, “Mal Viver” foi o filme mais votado. Em consideração estavam também “Légua”, de Filipa Reis e João Miller Guerra (Uma Pedra no Sapato), “Nayola” de José Miguel Ribeiro (Praça Filmes), e “Viver Mal”, também de João Canijo (Midas Filmes).

Produzido e distribuído pela Midas Filmes, “Mal Viver”, com realização de João Canijo, surge como a primeira parte de um díptico com a longa-metragem “Viver Mal” e parte da ideia de como as mães determinam a desgraça das filhas, que por sua vez vão determinar a desgraça das netas. É um filme sobre a ansiedade de ser mãe e como isso provoca incapacidade de amor incondicional. Três gerações de mulheres vítimas da ansiedade das suas mães.

Com antestreia no Festival de Berlim, na competição oficial, “Mal Viver” arrecadou o Urso de Prata – Prémio do Júri, tendo também recebido o Prémio de Melhor Realizador no Festival de Montevideo e o Grande Prémio e o Prémio do Público no Festival de Las Palmas de Gran Canária, em Espanha.

A 96ª edição dos Óscares acontece no dia 10 de março de 2023, em Hollywood, Los Angeles (EUA).

 

 

Fonte: jervispereira.pt

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar