LIVRARIA LELLO ABRE NOVO ESPAÇO DEDICADO A LIVROS RAROS, PRIMEIRAS EDIÇÕES E LIVROS DE LUXO

2242 views

Livros raros, Manuscritos, Primeiras Edições, Livros de Luxo e Livros Objeto, e as histórias únicas que acrescentam valor a estas obras preenchem um novo espaço dentro da Livraria Mais Bonita do Mundo. A Gemma é um local onde podem ser adquiridas verdadeiros tesouros literários, mas também um espaço ímpar de exposição, e resulta de um forte investimento realizado pela Livraria Lello nos últimos anos.

Os livros são um investimento seguro, com melhores perspetivas do que, por exemplo, os títulos de investimento tradicionais, uma vez que não são tão permeáveis às flutuações do mercado. Aquilo que os torna únicos e valiosos resiste e tem tendência a valorizar com o tempo.

Um exemplar da primeira edição de Moby-Dick or, The Whale, de Herman Melville, que pertenceu a Jim Morrison; exemplares assinados das primeiras edições em francês e em inglês de O Principezinho, de Antoine de Saint-Exupéry; uma primeira edição de Pride and Prejudice, de Jane Austen; um exemplar da primeira edição de The Picture of Dorian Gray, assinada por Oscar Wilde; e um raríssimo exemplar da primeira edição de Harry Potter and The Philosopher’s Stone, são alguns exemplos das obras que estarão em exposição.

Memórias da “última Livraria pirata de Nova Iorque”

Uma das grandes novidades da Gemma é uma exposição que reúne parte do espólio da Coimbra Editora, e da Brazenhead Books, duas icónicas casas dos livros, cuja memória a Livraria Lello não quer deixar morrer.

Depois de, no início de 2021, ter anunciado a aquisição do acervo da histórica Coimbra Editora, que fechou portas em 2020, a Livraria Lello anuncia agora o resgate de parte do património livreiro da mítica Brazenhead Books, imortalizada pelo The New York Times como a “última Livraria pirata de Nova Iorque”.

A livraria, que funcionava num pequeno apartamento em Nova Iorque, fechou em 2019, com a morte do seu proprietário, Michael Seidenberg. Com o intuito de preservar a memória da Brazenhead Books, a Livraria Lello adquiriu parte do seu espólio que, agora, expõe num misto que revela não só alguns dos títulos mais emblemáticos, mas também objetos pessoais e emocionais de Michael Seidenberg.

A história da Livraria Lello estará também em destaque através de livros, catálogos, cartas e outros registos únicos, que contam histórias de uma marca centenária. No icónico edifício neogótico do número 144 da Rua das Carmelitas conta-se uma história que começa muito antes da sua abertura de portas, a 13 de janeiro de 1906 e se estende até aos dias de hoje. Entre os documentos que a materializam, e estão agora em exposição, destacam-se cartas de figuras tão marcantes da Literatura Portuguesa como Camilo Castelo Branco e Eça de Queiroz.

Esta nova sala da Livraria Mais Bonita do Mundo será um espaço vivo, com uma programação própria e cujo objetivo primordial é a valorização do livro. O acesso à Gemma é feito mediante marcação prévia (através do website da Livraria Lello), e sujeita a confirmação por parte da Livraria Lello. A Gemma funcionará de quarta a domingo, das 10h00 às 19h00 e quem a visitar terá acompanhamento personalizado.

Fonte: Livraria Lello

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar