Lisboa está no centro do debate sobre sustentabilidade urbana

293 views

Nos dias 15 e 16 de Dezembro, a Trienal de Lisboa apresenta no Palácio Sinel de Cordes o programa público do primeiro encontro anual do Open House Europe, um projecto de cooperação internacional co-fundado pela União Europeia. Três debates centrados na sustentabilidade da micro à macro escala na governação das cidades do futuro trazem especialistas de Barcelona, Milão, Bilbau, Porto e Lisboa. Em inglês, os debates são transmitidos em livestreaming no canal youtube do Open House Europe.

Sexta-feira 15 de Dezembro, às 16h30, arranca com o debate Governação, Arquitectura e Sustentabilidade. Como é que a cidade pode ser sustentável através das políticas públicas? O painel integra a Vice-presidente da Câmara Municipal de Barcelona para a Ecologia, Planeamento Urbano e Mobilidade Urbana, Janet Sanz, e Filipa Serpa, Vice-presidente do IHRU — Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana.

No Sábado às 10h, discute-se o tema Sustentabilidade no Planeamento Urbano, com os contributos de investigações relacionadas com escassez da água, ilhas de calor e sistemas de abastecimento, seguido de discussão aberta a toda a assistência. O debate será moderado pelo urbanista e fundador do Urbanistica Podcast, Mustafa Sherif, e contará com a participação de Aurora Carapinha, arquitecta paisagista, professora e autora de estudos sobre gestão da água, jardins e paisagens e sua relação com os sistemas naturais e a humanidade.

Às 11h40 de Sábado tem lugar o terceiro debate intitulado Alcançar a Sustentabilidade em Arquitectura que coloca em diálogo representantes de ateliers de arquitectura com iniciativas sustentáveis, como Francisco Adão da Fonseca, co-fundador da Oficina Pedrêz, um espaço de investigação do Porto, que tem explorado as áreas da ecologia sistémica e a subsistência habitacional e é Membro fundador da Architects Declare em Portugal e Gianandrea Barreca, do atelier milanês Barreca & La Varra, autor da primeira habitação social Carbono Zero na Europa.

Sexta, 15 Dezembro

16h30 — Abertura
Apresentação sobre as dimensões da sustentabilidade, por José Mateus, presidente da Trienal

17h00 — 18h30 Mesa Redonda
Governação, Arquitectura e Sustentabilidade. Como é que a cidade pode ser sustentável através das políticas públicas?
Demetrio Scopelliti Director de Planeamento Urbano e Espaço Público da Agência para a Mobilidade, Ambiente e Território da cidade de Milão (AMAT)
Filipa Serpa, Vice-Presidente do Conselho de Administração do IHRU – Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana
Janet Sanz, Vice-presidente da Câmara Municipal de Barcelona para a Ecologia, Planeamento Urbano e Mobilidade Urbana
Susana Ruiz, responsável pelo planeamento urbano da cidade de Bilbau.
Moderação pela investigadora em sociologia urbana, habitação e cidades Sandra Marques Pereira.

Sábado, 16 Dezembro

10h00 — 11h30 Debate
Sustentabilidade no Planeamento Urbano
Apresentações em diferentes campos de investigação relacionados com escassez da água, ilhas de calor e sistemas de abastecimento, seguido de discussão aberta a toda a assistência.
Aurora Carapinha, arquitecta paisagista, investigadora, professora. Autora de estudos sobre gestão da água, jardins e paisagens e sua relação com os sistemas naturais e a humanidade.
Manuel Banza, no campo da ciência de dados, desenvolve projectos relacionados com mobilidade, cidades e designadamente sobre o efeito de Ilha de Calor Urbano (ICU) em Lisboa.
Mariana Sanchez Salvador, arquitecta com corpo de investigação focada nos sistemas de abastecimento das cidades.
Moderação pelo urbanista e fundador do Urbanistica Podcast, Mustafa Sherif

11h40 — 13h00 Debate
Alcançar a sustentabilidade em arquitectura
Marta Álvarez Pastor (Studio Vaumm), especialista em reabilitação, colabora com artistas em intervenções construtivas e planeamento urbano com uma visão cultural. Gianandrea Barreca do atelier de arquitectura milanês Barreca & La Varra que concebeu a primeira habitação social Carbono Zero na Europa. Francisco Adão da Fonseca co-fundador da Oficina Pedrêz um espaço de investigação do Porto, que tem explorado as áreas da ecologia sistémica e a subsistência habitacional. Membro fundador da Architects Declare em Portugal.
Moderação pelo curador dos prémios e programas da Fundação Mies van der Rohe, Ivan Blasi

 

Photo by Giedrius Akelis © Courtesy of Architekturos fondas

Fonte: trienaldelisboa.com

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar