Golfe

505 views

Jogar golfe em Portugal fica na memória de todos os que experimentam. Os motivos? Excelentes campos em cenários deslumbrantes, clima ameno o ano inteiro e a simpatia com que os golfistas são recebidos.

É difícil encontrar melhor destino para umas férias de golfe. Eleito pelos World Golf Awards como Melhor Destino de Golfe na Europa por seis anos consecutivos, entre 2014 e 2019, e novamente em 2021, bem como Melhor Destino de Golfe do Mundo, entre 2014 e 2018, Portugal tem uma grande diversidade de campos com características adequadas aos vários níveis de dificuldade e de orçamento disponível.

São mais de noventa campos em todo o país, com traçados variados e com grandes desafios de golfe, reconhecidos pelos profissionais mais experientes.

Golf_Shutterstock
Photo: Quinta do Lago Sul, Algarve ©Shutterstock

Muitos dos campos foram desenhados por arquitetos famosos como Robert Trent Jones Jr., Jack Nicklaus, Arthur Hills, Nick Faldo, Severiano Ballesteros, Henry Cotton, Rocky Roquemore ou Arnold Palmer, autor do premiado Victoria Golf Course, um ex-libris do golfe, em que se realiza o Portugal Masters desde a sua 1ª edição, em 2007. Têm em comum a qualidade ambiental e a harmonia com que se integram na Natureza.

Quinta da Marinha
Photo: Clube de Golfe Quinta da Marinha, Cascais, Lisboa

Algarve e a costa de Lisboa são destinos bem conhecidos dos jogadores mais experientes e já foram várias vezes premiados internacionalmente. Acolhem grandes provas dos circuitos profissionais, tal como a Madeira com os seus campos de montanha, ou Troia, um magnífico “links”, entre o oceano e o estuário do rio Sado. Nos Açores, há também o golfe rústico para praticar em ambiente rural, e no Centro de Portugal, poderá aperfeiçoar o seu jogo em campos desafiantes e desfrutar de uns dias de pleno bem-estar. Mas foi no Porto e Norte que tudo começou, já que em Espinho se situa o segundo campo mais antigo da Europa continental.

Clube de Golfe Santo da Serra, Madeira
Photo: Clube de Golfe Santo da Serra, Madeira

Mas o maior desafio é não deixar que a beleza e a luz das paisagens envolventes quebrem a concentração no jogo. Temos greens com vista para o oceano, ladeados por falésias e dunas de areia branca. E outros enquadrados por lagos e montanhas, em que os cheiros de flores e ervas se misturam, impossíveis de distinguir.

E se as partidas podem ser descontraídas ou muito disputadas, no final, o encontro marca-se à mesa do Clubhouse, do restaurante… para praticar um “desporto” em que os portugueses são exímios: conviver.

Fonte:https://www.visitportugal.com/pt-pt/experiencias/golfe

Fotografia:Penha Longa, Sintra

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar