Fuck Me – Marina Otero

1144 views

Diz Marina Otero: “sempre me imaginei no meio do palco, como heroína, a vingar-me de tudo. Mas o meu corpo não aguentava tanta luta. Hoje, cedo o meu espaço aos intérpretes. Vou ver como emprestam o corpo deles à minha causa narcisista.”

Fuck Me (2020) é a terceira parte de uma trilogia, composta por Andrea (2012) e Recordar 30 años para vivir 65 minutos (2015-2020), onde a coreógrafa “analisa a passagem do tempo e as marcas deixadas no corpo.”

Segundo o jornal Público: “Fuck Me vai além das fronteiras entre documentário e ficção, dança e performance, o acaso e a representação. Neste projeto, Marina Otero procura criar uma peça teatral interminável sobre a sua vida.”

Ficha técnica:

Marina Otero, direção e dramaturgia; Augusto Chiappe, Juanfra López Bubica, Fred Raposo, Matías Rebossio, Miguel Valdivieso, Cristian Vega, Marina Otero, interpretação.

A récita de 7 de março é transmitida pela RTP2

 

dança

7 março a 8 março 2024

qui: 21h; sex: 21h

Centro Cultural de Belém

Foto: ©alecarmona

Fonte: AgendaLx

 

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar