Festival de Piano de Oeiras reúne em Portugal nova geração de pianistas internacionais

300 views

Oeiras irá acolher, entre 2 e 30 de julho, concertos de aclamados pianistas nacionais e internacionais. “Será uma oportunidade para os amantes da música clássica assistirem gratuitamente a espetáculos de conceituados
artistas”, afirma Teresa da Palma Pereira, diretora artística do Festival Internacional de Piano de Oeiras. Este ano será homenageado o maestro Rui Massena.

A VI edição do Festival Internacional de Oeiras – FIPO vai receber prestigiados nomes da música clássica, com a atuação dos melhores pianistas desta geração e de promissores talentos que têm já marcado o universo da música erudita. Os jovens Yoav Levanon e Yulianna Avdeeva irão juntar-se a Teresa da Palma Pereira, Javier Perianes, Rui Massena e Alexei Volodin no palco do Auditório Ruy de Carvalho, entre 2 e 30 de julho. A formação de pianistas estará em destaque, com a realização de cursos de iniciação ao piano e de masterclasses desenhadas para estudantes nacionais e internacionais.

“A música clássica apresenta, atualmente, um conjunto de pianistas muito conceituados e premiados, mas temos também jovens com muito talento e com caminhos que, apesar de curtos, já lhes conferem não só o reconhecimento de especialistas da área como do público”, afirma Teresa da Palma Pereira, diretora artística do FIPO, que irá iniciar o ciclo de concertos. “Esta será uma oportunidade única para os amantes deste género musical assistirem gratuitamente a espetáculos destes conceituados artistas em todo o mundo”.

Este ano o FIPO volta a apostar na formação de pianistas com a realização de vários cursos. O programa de iniciação ao piano decorrerá entre 5 e 14 de julho, correspondendo a um plano intensivo para alunos de todas as idades que se queiram
iniciar no piano ou relembrar fundamentos da teoria musical. Após o curso, será dinamizado o “Workshop de Música e Criatividade”, dando aos participantes a oportunidade de demonstrarem as competências adquiridas e de trocarem experiências
com os colegas. Já as masterclasses serão lecionadas pelas pianistas Teresa da Palma Pereira e Yulianna Avdeeva a estudantes de música, com o objetivo de contribuir para o seu desenvolvimento profissional.

“O FIPO é desde a sua primeira edição uma forma de dinamizar o setor cultural do concelho de Oeiras, sendo nosso objetivo proporcionar cultura à população e contribuir para o desenvolvimento do país através da força da arte”, afirma Teresa da Palma Pereira.

Homenagem será entregue a Rui Massena Pianista, compositor e responsável por ter dirigido dezenas de orquestras nacionais e internacionais, o maestro Rui Massena é o homenageado desta edição do FIPO. Com uma carreira de quase 25 anos, atuou em diversas salas de renome mundial, como o Carnegie Haal, em Nova Iorque, e o Tonhalle, em Zurique. Rui Massena foi diretor artístico e maestro titular da Orquestra Clássica da Madeira e já assinou bandas sonoras de vários filmes portugueses.

Estreou-se em 2015 como compositor e atuará no FIPO, a 19 de julho, num concerto onde apresentará apenas composições próprias. Ao longo da sua carreira, tem recebido diversos prémios, como a Medalha de Mérito Cultural e Científico, Grau Ouro, da Cidade do Porto ou a Medalha de Ouro de Mérito Cultural pela Academia de Letras, Artes e Ciências do Brasil.

Todos os anos o FIPO homenageia uma personalidade que se distinguiu no mundo da música erudita, selecionada pela Direção da Academia de Música Flor da Murta, que organiza o festival com o apoio da Câmara Municipal de Oeiras. Os bilhetes são gratuitos, mas limitados à lotação da sala, estando disponíveis através de reserva no site do FIPO.

Cartaz e programa: https://www.fipoeiras.com/programa/

 

Fonte:longoalcance.com

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar