DE ONDE, PARA ONDE: a história de uma carrinha que salvou vidas

251 views

Um veículo polaco circula pelas estradas da Ucrânia. A bordo, as pessoas são evacuadas após a invasão russa. Esta carrinha torna-se um refúgio frágil e transitório, uma zona de confidências e confissões de exilados que têm apenas um objetivo: escapar à guerra. 

Quando a fase mais recente da Guerra da Ucrânia começou, o realizador polaco Maciek Hamela pegou numa carrinha e, com a ajuda doutros voluntários, começou a evacuar pessoas que fugiam das zonas de combate. De Onde, Para Onde traduz esta qualidade dupla, ele conduz as pessoas (em viagens sucessivas) através de campos minados e postos de controlo militar e filma as várias viagens a partir do espelho retrovisor.

Como é que é fugir de uma guerra? Este filme suave, mas doloroso, explora o custo humano e cru do conflito. Cada novo passageiro, sejam mulheres ou homens, jovens ou idosos, indivíduos ou famílias, tem uma experiência em primeira mão da invasão russa, e um espetro de emoções vem à tona no carro que os transporta para um lugar seguro. As crianças lêem livros em silêncio, uma mulher chora pela vaca que deixou para trás, outras não têm palavras… No meio desta tragédia, do caos do conflito e das vidas desfeitas, há momentos fugazes de humor e esperança. E, para além dos limites do miniautocarro, testemunhamos a extensão da Ucrânia rural – uma vasta paisagem de beleza natural repleta da carnificina da guerra e da desolação e destruição de comunidades outrora povoadas.

A sua carrinha é, assim, um hospital, um abrigo, um local de partilha e de reunião de um país em estado de sítio. Um filme que entende que o cinema pode fazer a diferença, mesmo que seja só para cinco pessoas de cada vez.

De Onde, Para Onde estreou no festival de Cannes, na secção ACID e está agora na Filmin a partir do dia 11 de Abril.

Fonte: Filmin.pt

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar