Concerto de Ano Novo-Orquestra Metropolitana de Lisboa

1917 views

O Concerto de Ano Novo da Orquestra Metropolitana de Lisboa continua a fazer tradição como em tantos outros lugares do mundo que também não dispensam as valsas e as polcas de Johann Strauss II para assinalar este momento.
Um concerto ao vivo é sempre uma ocasião única. Neste caso, junta-se-lhe o ritual. É fôlego renovado, exaltação de forças, espaço de celebração, representação de nós mesmos em sintonia com uma alma que se sente coletiva. É reflexão. Porventura, melancolia. Mas também prazer e paixão pela vida, com um abraço do tamanho da Música. 2022 quer-se capaz de superar o que por aí possa vir de menos bom, de restaurar a comunhão da vida, de inspirar novos desígnios.
Em 2022, a Metropolitana celebra 30 anos de atividade. Um ótimo pretexto para exaltar tudo o que de extraordinário se tem feito nas últimas décadas no domínio das Artes no nosso país.

1 janeiro 2022
sáb: 11h, 17h
Centro Cultural de Belém

Programa
J. Strauss II Abertura da Opereta O Morcego, Op. 367
Augusto Machado Valsa Hespanhoes
J. Strauss II Valsa Vozes da Primavera, Op. 410
L. Bernstein «Valsa», do Divertimento
J. Strauss II Valsa A Vida de Artista, Op. 316
J. Sibelius Valsa Lírica, Op. 96a
J. Strauss II Polca Pizzicato
P. I. Tchaikovsky Valsa das Flores, do bailado O Quebra-Nozes
J. Strauss II Polca francesa Bauern Polka, Op. 276
J. Strauss II Polca Tritsch-Tratsch, Op. 214
J. Strauss II Valsa Danúbio Azul, Op. 314

 

créditos:©David Rodrigues

Fonte: Agendalx

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar