Centro Vasco da Gama recebe exposição da Imprensa Nacional – Casa da Moeda

33 views

No próximo dia 8 de novembro o Centro Vasco da Gama recebe a Exposição da Imprensa Nacional – Casa da Moeda (INCM).

Patente até dia 15 de novembro, no Piso 1 do Centro Vasco da Gama, a exposição apresenta o conjunto de Moedas Comemorativas de 2019, oferecendo uma experiência única a todos os visitantes.

As moedas comemorativas foram desenhadas por uma seleção cuidada de artistas e produzidas de uma forma que reúne, em cada face, tradição e inovação.
A exposição conta com um conjunto de dez moedas associadas a um conjunto de celebrações especiais e feitos históricos, como os 500 Anos da Primeira Viagem de Circum-Navegação de Fernão de Magalhães, criada por Luís Filipe Abreu, ou os 600 Anos do Descobrimento da Madeira e Porto Santo, naquela que foi a última criação do artista plástico Júlio Pomar. O 45º Aniversário do 25 de Abril é também assinalado com uma moeda desenhada por José Aurélio, e na série “Ídolos do Desporto”, Joaquim Agostinho é homenageado pela mão de Vitor Santos.
A série “Desenhar a Moeda”, este ano dedicada ao tema “O Mar”, resulta de um concurso lançado às escolas que visa estimular a criação artística e numismática junto dos jovens e da comunidade escolar. A vencedora deste desafio foi Ísis Martins, uma jovem com 12 anos de Aveiro, que irá ver cunhada numa moeda, a sua interpretação e evocação ao drama vivido pelos refugiados, com a expectativa de que “o mar salva”.
Na série “Espécies Ameaçadas”, o Lobo-Ibérico e o Alcar-do-Algarve são os ícones de fauna e flora nacionais em vias de extinção, interpretados e desenhados por Luís Valadares e por Catarina Sobral, respetivamente. Já em matéria de artes, a Série “Europa” celebra o período da Renascença com uma criação de Eloisa Byrne, sendo a arquitetura portuguesa consagrada por uma moeda dedicada à obra de Carrilho da Graça pela mão de Julião Sarmento.
Durante o período da exposição os visitantes podem, ainda, trocar as suas notas ou moedas, por igual valor, pelas novas moedas comemorativas de 2 euros, repletas de simbologia dos descobrimentos.
A exposição da INCM conta, ainda, com uma componente digital, através de um mupi, onde os visitantes podem explorar as faces das moedas expostas, e votar na sua preferida.
A INCM resulta da fusão entre dois dos mais antigos estabelecimentos industriais do País. Um dos pilares estratégicos deste estabelecimento é a inovação tecnológica, patente através das constantes investigações. Da INCM saem todas as moedas utilizadas diariamente, mas também aquelas que celebram feitos e personalidades incontornáveis – as moedas comemorativas -, que aliam a Arte à Técnica e a Cultura à Inovação.

Fonte: Lift

Ads

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar