Beatriz Felício “A canção da Bia”

464 views

Beatriz Felício prepara-se para lançar o seu primeiro álbum de originais com a chancela do Museu do Fado e o single de antecipação, “A canção da Bia” será lançado a 29 de setembro, no mesmo dia em que actuará no palco principal do Festival Santa Casa Alfama.

“A canção da Bia” conta com letra de Tiago Correia, que descreve o tema como um “retrato da Beatriz”:

Escrever para a Beatriz Felício é simples de tão especial. Porque lhe conheço o coração, os sonhos, os medos, os desafios a que se propõe. Há 14 anos, que ainda pequeninos, unimos as mãos a uma profunda amizade onde pertencem algumas das memórias mais bonitas da minha vida. Sou confesso admirador da sua voz e da facilidade com que exprime a sua alma através da palavra dos poetas que ela tão bem interpreta. É um sonho para os letristas, poetas e compositores portugueses verem uma artista como a Beatriz Felício, eternizar os versos e as composições que vão sendo feitas, e que ela tão especialmente defende com a sua tão especial voz. A Canção da Bia é um retrato da menina que toda luz de alma aprendeu com a vida a gingar e a saborear o amor, que sempre existiu no seu modo de estar e de ser, mas que se foi descodificando ao longo dos anos à medida que o foi entendendo os porquês do amor. É essa luz dela, esse encontro com o seu modo de ser e de estar, aliada ao seu olhar de menina livre sempre à descoberta das coisas mais belas que a vida tem que eu decidi escrever para assim definir como a Canção da Bia. Mostrei ao Ângelo Freire e sem que lhe dissesse, ele percebeu que esta letra era o retrato da Beatriz Felício. E assim nasceu esta Canção.

E a composição ficou a cabo de Ângelo Freire:
Quando recebi a letra do Tiago, ele não me disse para quem a tinha feito então fiz a música num ápice e disse-lhe que só uma pessoa podia cantá-la, a Beatriz Felício, e foi aí que ele me disse que tinha feito a letra para ela…
Acho que a energia do tema define bem a vibe da Beatriz, uma menina/mulher com uma felicidade contagiante, sendo uma pessoa muito intensa consegue passar toda essa energia a quem a rodeia. Tenho um orgulho muito grande nela.
Espero sinceramente que se divirtam a ouvir a “ A Canção da Bia”.

Beatriz Felício despertou para o Fado durante a sua infância e tem vindo a criar a sua própria identidade artística, sem nunca desvirtuar a tradição. Foi nas Casas de Fado em Lisboa que aprendeu com os mais velhos e escolheu as suas referências, como Amália Rodrigues, Fernanda Maria ou Carminho. Atualmente, podemos ouvi-la cantar nas mais icónicas Casas de Fado  de Lisboa, tendo também começado a sua jornada internacional, levando o Fado além fronteiras. Venceu o “Prémio Novos Talentos Ageas” em 2022, no mesmo ano em que actuou na cerimónia de abertura da WOMEX, e agora prepara-se para lançar o seu muito aguardado primeiro álbum.

Autorias e Ficha Técnica

Letra – Tiago Correia | Música – Ângelo Freire

Voz | Beatriz Felício
Guitarra Portuguesa | Ângelo Freire
Viola de Fado | Ângelo Freire
Baixo Acústico | Marino de Freitas

Produção Musical e Arranjos: Ângelo Freire

Gravado, misturado e masterizado por Nelson Canoa no Canoa Studios

Fonte: INHA

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar