Ato (Des)Colonial

186 views
20 janeiro a 12 junho 2022 – Museu do Aljube – Resistência e Liberdade

A violência está na génese, na prática e na simbologia de um processo de ocupação. Mas a violência encontra resistência, com diferentes expressões e impactos. Esta exposição pretende revelar e relevar diversos processos de resistência ao colonialismo português entre 1926 e 1974, período objeto deste museu.

A exposição pretende contribuir para o questionamento da herança colonial no nosso país, em particular durante o período da ditadura, e para a valorização das experiências de resistência anticolonial enquanto processos determinantes para a autodeterminação e independência dos povos africanos, mas igualmente essenciais para o derrube do fascismo em Portugal.

Terça a domingo, das 10h às 18h

Visita orientada a 27 de janeiro às 17h, com entrada livre mediante marcação prévia para inscricoes@museudoaljube.pt

Foto: Composição a partir da fotografia de Augusta Conchiglia, Luzia (Inga) Inglês, 1968.

 

Fonte Agendalx

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar