Arkadiko Film Fest: Unir culturas através do cinema europeu

283 views

A primeira edição do Arkadiko Film Fest, um novo festival de cinema online que reúne três das principais plataformas de streaming da Europa: Filmin (Espanha e Portugal), MYMovies (Itália) e Cinobo (Grécia e Chipre), arranca na segunda-feira, 1 de abril. O objetivo é promover o cinema europeu através de um programa cuidadosamente selecionado que combina filmes europeus clássicos com obras contemporâneas, realçando o rico património cinematográfico do continente.

Este evento pioneiro, que se realizará durante todo o mês de abril nos cinco países do Sul da Europa acima referidos, toma o nome daquela que se crê ser a ponte mais antiga da Europa, ainda hoje em funcionamento. A ponte Arkadiko situa-se em Argolida, no Peloponeso, Grécia, e liga pessoas e lugares, desde a Idade do Bronze até aos nossos dias. O seu espírito converge com o do Arkafiko Film Fest, que tem por objetivo estabelecer ligações entre o passado e o presente do cinema europeu.

Assim, o programa é composto por cinco sessões duplas que propõem um filme clássico europeu ao lado de uma obra contemporânea, com o objetivo de explorar temas relevantes para a Europa de hoje, gerando debates sobre questões sociais e culturais, ao mesmo tempo que une diferentes gerações e celebra a riqueza do cinema europeu.

Destaque para a dupla com o tema Wisdom’s Journey, onde a educação faz-se pela lente feminina sempre atual com o clássico, Daisies (1966), a obra-prima surrealista e satírica de Věra Chytilová sobre um par de jovens mulheres que decidem ser tão corruptas como o mundo que as rodeia. Através de uma explosão visual única, com montagens caleidoscópicas, stop motion e figurinos surreais, este clássico da Nova Vaga da antiga Checoslováquia é um exuberante apelo à rebelião, uma provocação audaz contra qualquer forma de opressão autoritária. Em dupla com o Daisies apresenta-se The Staff Room (2021), de Sonja Tarokić sobre uma sala de professores caótica tornando-se o cenário principal deste drama psicológico não adequado para os taquicárdicos, protagonizado por uma conselheira de orientação em dificuldades e em desacordo com o resto dos funcionários.

A dupla Euro Echoes traça a evolução do cinema europeu, explorando a transição das obras de autor para o enfoque dos cineastas contemporâneos em questões sociopolíticas. O programa duplo combina a obra-prima húngara  essencial do “noir” europeu, inédita no nosso país, que despertou devoção pelo uso avassalador do plano-sequência, Twilight (1990), de György Feher, com o pungente Any Day Now (2020), de Hami Ramezan, que conta a história de um rapaz refugiado cuja vida é interrompida quando entra na Europa.

Into the Abyss aborda o tema desafiante da toxicodependência, combinando os históricos Christiane F. (1981) de Uli Edel, com o autêntico Como Salvar um Amigo Morto (2022) de Marousa Siroekovskaya, um documentário que retrata a relação devastadora de dois adolescentes na Rússia de Putin ao longo de uma década

Rainbow Reels centra-se no cinema LGBTQ+, com o raro Le Beau Mec (1979), de Wallace Potts, e o romeno Poppy Field (2020), de Eugen Jebeleanu, que examina o conflito interno de um polícia gay que procura o equilíbrio entre dois lados aparentemente opostos da sua identidade.

Generation Lost é sobre o desemprego como uma ferida socioeconómica que leva a uma tensão explosiva. O programa duplo combina o neorealismo espanhol de Carlos Saura em Los Golfos (1960) com a viagem contemporânea de Dominic Graf ao passado e à República de Weimar em Fabian: Going to the Dogs (2021).

O programa termina com o complexo drama erótico Borders of Love (2022), Tomasz Wínski sobre as fantasias ardentes de um casal que tenta sair da rotina da monogamia.

Os seis títulos contemporâneos irão competir pelo Prémio do Público, uma iniciativa que visa promover o envolvimento do público com o festival e promover o visionamento de filmes.

O Arkadiko Film Fest é apoiado pelo programa MEDIA Creative Europe.Todos os filmes estarão disponíveis por subscrição na Filmin, com legendas em português e inglês.

Toda a programação estará disponível partir do dia 1 de abril na Filmin para todos os subscritores. 

Fonte: Filmin

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar