Ambulatório AICA

807 views

CONVERSAS TERÇA 30 DE MAIO, QUARTA 7 DE JUNHO

Em colaboração com a Culturgest, a AICA Portugal (Associação Internacional de Críticos de Arte) desenvolveu o programa Ambulatório AICA. Trata-se de um conjunto de encontros e conversas entre críticos, curadores e artistas em torno das exposições da Culturgest no Porto e em Lisboa. A tipologia informal destas conversas abertas ao público pretende trazer para a discussão temáticas suscitadas pelas exposições, alargando o seu âmbito através do diálogo entre perspetivas diversas e, por vezes, contraditórias.

A propósito da exposição
O Fotógrafo Acidental: Serialismo e experimentação em Portugal, 1968-1980

LISBOA – GALERIA 1
Terça 30 de maio, 18h
Marc Lenot e Sérgio Mah
O bilhete para a exposição permite o acesso à conversa

Marc Lenot é um crítico de arte francês cujo blogue, Lunettes Rouges, é publicado por Le Monde há 12 anos. O seu próximo livro, Jouer contre les Appareils. De la Photographie Expérimentale, será lançado em junho. Foi o vencedor do Prémio da Crítica de Arte da secção francesa da AICA em 2014. Vive entre Lisboa e Paris.

Sérgio Mah é docente na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas e na Faculdade de Belas-Artes de Lisboa. É comissário de exposições e investigador no domínio das artes visuais. Foi diretor artístico da Bienal LisboaPhoto (2003-2005) e da PHotoEspaña (2008-2010). Foi o comissário da representação oficial de Portugal à 54.ª Bienal de Arte de Veneza (2011).

Quarta 7 de junho, 18h
Emília Tavares e Margarida Medeiros
O bilhete para a exposição permite o acesso à conversa

Emília Tavares é curadora sénior de fotografia e novos media do Museu Nacional de Arte Contemporânea – Museu do Chiado, investigadora e crítica. Com numerosos estudos publicados sobre a história da fotografia em Portugal, o seu principal foco de interesse tem sido as relações entre produção imagética, política e a história do Estado Novo, no contexto dos estudos de cultura visual. Colabora na pós-graduação em Curadoria da Universidade Nova de Lisboa.

Margarida Medeiros é doutorada em Ciências da Comunicação pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, onde leciona na área da História da Imagem, Fotografia e Cinema e Cultura Visual. É autora de diversos livros, entre os quais, Fotografia e Verdade – Uma História de Fantasmas (Lisboa, Assírio & Alvim, 2010); A Última Imagem – fotografia de uma ficção (Lisboa, Documenta, 2012). Recentemente organizou o livro Fotogramas – ensaios sobre Fotografia (Lisboa, Documenta, 2016) que reúne ensaios sobre fotografia.

Informações

21 790 51 55 · culturgest.bilheteira@cgd.pt · www.culturgest.pt

Galeria

De terça a sexta-feira, das 11h às 18h (última admissão às 17h30)

Sábados, domingos e feriados, das 11h às 19h (última admissão às 18h30)

Edifício-sede da CGD, Rua Arco do Cego nº 50, 1000-300 Lisboa

 

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar